Unicampo - Vestibular 2021 inverno
  • Olha só o que “Boca Santa” foi flagrar na BR-487, entre Campo Mourão e Iretama. Uma camionete F-1000 trafegando numa boa cheia de trabalhadores rurais na carroceria. Não pode! A lei não permite o transporte de pessoas na caçamba. Se dentro do carro já é perigoso andar pelas rodovias, imagine na carroceria. Também, essa “Boca Santa” aparece em cada hora, hein?...

    Comentário(s)
  • Corpal - Vem aí

  • Luto
    Por sugestão do presidente da Comcam, Valdinei Pelói (prefeito de Rancho Alegre do Oeste), todas as prefeituras da região decretaram ontem luto oficial de três dias pela morte do prefeito de Mamborê, Armando Alves de Souza. Ele morreu ontem de manhã num acidente perto de Guarapuava. A essa altura deve estar cumprimentando São Pedro: “Ô meu jovem!”....


    Carro novo
    Souza morreu quando bateu o VW Bora da prefeitura de frente contra um Mercedes 1113. Detalhe: o carro era novinho. Tinha chegado da agência de Cascavel no dia anterior. No ano passado, o prefeito de Juranda, Militino Malacoski, quase morreu perto de Irati ao bater o Gol que a prefeitura acabara de comprar. Ih, olha a maldição, aí!...


    No volante
    Ironia do destino: Souza morreu porque estava ao volante. Ao seu lado, de passageiro, estava o motorista do gabinete, Ronílson Sebastião Camargo, que não corre risco de vida. Souza estava dirigindo não só porque o carro era novo, mas porque gostava mesmo. Era seu costume levar os motoristas só de companhia. Para sorte de Ronílson, era só companhia terrena..


    Posse
    Com a morte de Souza, quem assume a prefeitura de Mamborê é vice-prefeito Lair Magione. O mesmo que na campanha eleitoral chegou a ter sua candidatura impugnada pela Justiça. Magione não comprovou escolaridade e foi reprovado num teste feito pela juíza da comarca. Depois, recorreu e obteve o direito de ser candidato. Ah, agora é só assinar a ata...


    Suspenso
    Problema para o prefeito de Campina da Lagoa, Paulo Gonçalves. Devido a uma ação apresentada contra ele em Caxias do Sul (RS), por sua ex-mulher, o prefeito teve seus direitos políticos suspensos pelo TRE. Isso significa que Gonçalves deve perder o mandato. Ontem ele estava em Brasília vendo o que fazer para impedir a cassação. Olha a moral dos vices, hein...


    Julgado
    O processo contra Paulo Gonçalves começou com uma simples ação para o pagamento de pensão alimentícia. O problema é que o prefeito não recorreu às condenações que foi recebendo. Tudo isso poucos dias depois de Gonçalves ver seu hospital ser descredenciado do SUS, acusado de irregularidades. Deve ser aquele período de inferno astral. Só pode...


    Cultura
    Apenas oito prefeitos da região, incluindo o anfitrião Tauillo Tezelli, participaram ontem à noite da abertura do 1o Simpósio Intermunicipal de Cultura, no Teatro de Campo Mourão. Mesmo assim, o cerimonial chamou tanta gente para compor a mesa das autoridades que a certa altura o palco do teatro estava mais lotado que a platéia. E todo mundo de pé lá na frente! E dê-lhe varizes!...


    Presentes
    Justiça seja feita: os prefeitos presentes ontem no Teatro Municipal eram os de Campo Mourão, Goioerê, Ubiratã, Nova Cantu, Peabiru, Altamira do Paraná, Quarto Centenário e Rancho Alegre do Oeste. O restante foi representado por vices e secretários municipais de Cultura. Olha aí, quem disse que vice não faz nada...


    Comcam
    Durante a abertura do simpósio, foi lançado um CD com os hinos de 10 municípios da região. O disco traz ainda o hino da Comcam, cuja letra é do professor Espedito Ferreira, de Peabiru. Aliás, também vem de Peabiru a dupla Cléber e Fernando, que interpreta o hino no CD. Maravilha! Mas que ficou mais com cara de música sertaneja do que hino, ficou. Ah, como ficou!...


    Cantando
    Se ganhar troféu de “Amigo da Cultura” ajudar a se eleger deputado, Douglas Fabrício (Sebrae) e o goioerense Ademir Flor (Acamdoze) saíram na frente. Eles foram homenageados, entre outras pessoas, pela Regional 12 de Cultura. Mas Douglas não ficou só nisso, não. Ele cantou o hino da Comcam “decoradinho”. Pode? O que uma pré-candidatura não faz...


    Atrasado
    Concorrente direto de Douglas por uma das vagas do PPS nas eleições deste ano, o vereador Edson Battilani também participou da abertura do Simpósio Intermunicipal de Cultura. Só que como chegou atrasado, Battilani ficou num cantinho atrás da mestre de cerimônias. Escondido mesmo! Enquanto isso, Douglas ficou no centro do palco. Paulo Autran que se cuide...


    Funerárias
    O prefeito Tauillo Tezelli não sanciou o e sobrou para o presidente da Câmara, Izael Skowronski. Ele promulgou ontem a lei que obriga as funerárias prestarem uma série de serviços de graça. Promulgou também o artigo que proíbe o caixão de ser vendido acima de 100% do preço de fábrica. Ih, se funcionar igual àquela lei que obriga as funerárias a separar suas sedes...


    Fraquinho
    Os professores estaduais conseguiram fazer barulho diante do Palácio Iguaçu durante dois dias de protesto. Em Campo Mourão, no entanto, o movimento fracassou. Pouquíssimos professores aderiram à paralisação encerrada ontem. Tão poucos que ninguém notou. Portanto, não estranhe ao ver a chefe do Núcleo, Maria e Lourdes, rindo à toa por aí...


    Corinthians
    Será registrada oficialmente hoje, às 16h, a Associação dos Corintianos de Campo Mourão e Região. Será registro em cartório, bonitinho, como manda a lei, com estatuto e tudo. À frente da iniciativa está o secretário municipal de Fiscalização, Cristiano Calixto. Ih, tomara que o prefeito Tauillo Tezelli não fique sabendo. Um palmeirense jamais entenderia um negócio desses...


    Visita
    Está confirmada para amanhã a visita do senador Roberto Requião a Campo Mourão. Ele passará a manhã toda visitando rádios, jornais e televisão. À tarde vai para Ubiratã e à noite retorna a Campo Mourão, onde participa de um encontro no Country Clube. No sábado, segue a visita em Goioerê. Euforia dos peemedebistas. Até porque, desta vez, não tem desfile com Nélson Tureck...
    Comentário(s)
  • Prever - Planos

  • Ou assinava ou teria que responder uma ação judicial.

    Marcos Lopes (PPS), prefeito de Peabiru, explicando porque assinou o acordo proposto pelo Ministério Público prevendo o fim da cobrança da taxa de iluminação pública.

    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Sicredi - Bank

  • Antônio José

  • Paraná Multas

  • Educare - Horizontal

blz.com.br