Unicampo- vestibular - 2022
  • Na sexta-feira, durante a implantação do Juizado Especial Federal em Campo Mourão, o prefeito Tauillo Tezelli e o ministro do STJ, Mílton Luiz Pereira, que foi prefeito do município da década de 1960, ficaram lado a lado. Boca Santa não perdeu a oportunidade para registrar esse momento. Afinal, não dizem os mais antigos que Pereira é o maior prefeito da história de Campo Mourão? Pois então reparem bem. Se Pereira é o “maior da história”, Tezelli não fica muito para trás, não. Aliás, não parece que os dois são do mesmo tamanho?...

    Comentário(s)
  • Corpal - Royale - Lançamento

  • Pés descalços
    Durante a instalação do Juizado Especial Federal em Campo Mourão, foi dito que o novo órgão significa o acesso à Justiça dos “pés descalçados”. Mais: disseram que ninguém precisará se vestir melhor para procurar a Justiça Federal. Tomara. Por enquanto, andam barrando até quem aparece no local usando camiseta regata. Ah, vá ver entra de pés descalços só quem estiver de terno...


    Monumento
    Por falar em justiça, o ministro do STJ Mílton Luiz Pereira contou durante discurso na sessão em homenagem ao juiz Rui Cruz que, quando prefeito de Campo Mourão, nos anos 60, pensou em construir um monumento em homenagem ao trabalhador braçal. Seria a “Estátua do Homem da Mão Calejada”. Tá dada a sugestão, afinal, Maringá não tem o “Peladão”? A gente faz o “Calejadão”...


    Mais de 100
    Se o secretário de Controle, Fiscalização e Ouvidoria, Cristiano Calixto, continuar nesse ritmo, a prefeitura terá que mudar o nome da secretaria dele. Na sexta-feira, Calixto completou 103 empresas embargadas em Campo Mourão por falta de alvará. Isso mesmo: 103. É uma atrás da outra. Ih, desse jeito terão que rebatizar a pasta dele de “Secretaria da Embargação Geral”...


    Sucesso
    Calixto diz que os embargos são uma questão de justiça com quem mantém sua empresa em ordem. Verdade. Além disso, 70% dos embargados já regularizaram a situação. Calixto também comemora o sucesso das placas que avisam que os terrenos baldios cheios de mato já foram notificados. A medida fez diminuir o número de notificações. E a vergonha, não conta?...


    Adesivos
    Tá cheio de carro circulando em Campo Mourão com adesivos de “Rubens Bueno governador”. Ninguém, no entanto, exagerou tanto quanto o pré-candidato a deputado federal João Douglas Fabrício. O carro dele tem vários adesivos desses, alguns até de tamanhos diferentes. É pra todos os gostos. Duro será pro Douglas achar espaço para os seus próprios adesivos...


    Meio-dia
    Devido ao jogo do Brasil, prefeitura e Câmara de Campo Mourão só abrem as portas ao meio-dia. Nem as escolas vão funcionar pela manhã. Ninguém, porém, agiu tão rápido como Mamborê. No mesmo dia em que a Bélgica se confirmou como adversária do Brasil, o prefeito Lair Maggioni já baixou decreto determinando o horário especial. Ih, pelo visto ficaram vendo Bélgica x Rússia de madrugada...


    Supermercado
    Pelo jeito os supermercados de Campo Mourão que abriram suas portas na hora do jogo entre Brasil e China, sábado retrasado, não tiveram o retorno esperado. É que pelo menos parte deles mudou de estratégia para o jogo de hoje e só vai abrir depois das 10h. Ah, talvez seja só porque o adversário é mais difícil e exige uma torcida um pouco mais concentrada...


    Tá preso
    A Polícia Militar prendeu ontem de manhã o tal “Sequinho”, o principal suspeito pela morte de um preso no final de semana anterior (aquele “preso” que foi baleado em pleno calçadão!). A prisão obedeceu um mandado judicial. Duro é achar um local seguro na cadeia da cidade para colocar o tal Sequinho. A cozinha já provou que não é segura. Ainda mais quando o preso tem acesso à chave...


    Só pagando
    Acabou a mordomia em Campina da Lagoa. Agora quem precisa usar as caçambas de entulhos da prefeitura tem que pagar. Serão R$ 5 para até 3 dias; R$ 10 para de 3 a 9 dias e R$ 15 para acima de 9 dias. E quem sujar a rua e não chamar a caçamba, terá que pagá-la do mesmo jeito. Tudo isso está em lei assinada pelo prefeito Paulo Gonçalves. Ah, mas nem um “jeitinho” pros compadres?...


    Contratação
    A prefeitura de Campo Mourão só poderá comprar bens e serviços de empresas que tenham programas de combate a doenças causadas por esforços repetitivos (LER) e doenças relacionadas ao trabalho (Dort). Isso tudo está num projeto de lei do vereador Sebastião Ribeiro aprovado por unanimidade. Falta só a sanção da prefeitura. Depois não vá dizer que não foi avisado...


    Banheiro
    Requerimento apresentado pelo vereador Isidoro Moraes e aprovado por unanimidade pede à prefeitura que construa banheiros públicos nas áreas onde são realizadas as feiras do produtor. Faz sentido. Agora, cá entre nós: depois que fecharam até o banheiro da praça por falta de dinheiro, nada mais eficiente que a velha e tradicional moitinha mais próxima...


    Vilas rurais
    A Associação dos Vereadores da Região enviou sugestão às prefeituras da região para que elas comprem a produção das vilas rurais. Seria uma espécie de incentivo aos vileiros. A produção de verduras, frutas e legumes pode ser utilizada em escolas e creches, por exemplo. O diacho é a tal da licitação. Ih, lá vão os prefeitos ter que fazem também aquele curso de como contratar sem licitar...


    Travolta
    Boca Santa publicou na semana passada foto do secretário
    Sidnei Jardim (Assuntos de Governo),  quando ele fazia parte do “Dominó Cover”. Só para não esquecer: nos anos 70, o  vereador Celso Hruschka foi eleito o “melhor John Travolta” num concurso na Skate Discoteque. Viu, isso é que são políticos com jogo de cintura...


    Enquete
    “Como você reagiu à informação de que apenas uma funerária será autorizada a trabalhar em Campo Mourão?”. A enquete encerrada no sábado à noite deu vitória à alternativa “Até parece que hoje a gente tem opção de escolha” (27%), seguida de pertinho por  “Ué, não era a concorrência que abaixava os preço?” (26%). Ih, isso é empate técnico. Pena que na vida não exista segundo turno...


    França
    Esta semana, Boca Santa quer saber quem você acha que, entre os pré-candidatos a deputado estadual da região, terá no dia 6 de outubro um desempenho igual ao da França na Copa do Mundo. Vote. Nem que seja só para evitar que alguns mais animados gastem dinheiro numa campanha tão duvidosa quanto a eficiência da zaga brasileira...


    BOLÃO DA BOCA SANTA – Morte súbita
    Aroldo Gallassini (Coamo) – Brasil 3 x 2
    Getulinho Ferrari (vice-prefeito) – Brasil 2 x 0
    Nélson Teodoro (Sindicato Rural) – Brasil 2 x 1
    Pedro Carlos Palma (OAB) – Brasil 2 x 1
    Rubens Bueno (deputado federal) – Brasil 3 x 1


    BOLÃO DA BOCA SANTA II
    Arlindo Piacentini (cartorário) – Brasil 2 x 1
    Celso Hruschka (vereador) – Brasil 2 x 1
    Darcy Deitos (empresário) – Brasil 3 x 1
    Edson Battilani (vereador) – Brasil 2 x 1
    Elmo Linhares (advogado) – Brasil 4 x 2
    Irineu Brzezinski (advogado) – Brasil 3 x 0  
    Izael Skowronski (pres. Câmara) – Brasil 2 x 1
    James Hamilton Macedo (juiz) – Brasil 3 x 1
    João Douglas (Sebrae) – Brasil 1 x 0
    José Eugênio Maciel (Previscam) – Brasil 2 x 0  
    José Rigone Filho (major PM) – Brasil 2 x 0
    Milton Luiz Pereira (ministro STJ) – Brasil 3 x 0
    Pedro Speri (padre) – Brasil 3 x 1
    Ricardo Borges (Procon) – Brasil 2 x 0
    Ricardo Widerski (secretário) – Brasil 3 x 2
    Robervani Pierin Prado (secretário) – Brasil 2 x 0
    Sidnei Jardim (secretário) – Brasil 4 x 1
    Tauillo Tezelli (prefeito) – Brasil 2 x 0
    Comentário(s)
  • Prever - Descontos

  • Não que não zelassem do Fórum. A poeira é que era invencível.

    Mílton Luiz Pereira, ministro do STJ, explicando porque o fórum de Campo Mourão era sujo no início dos anos 60, quando ele era advogado na cidade.

    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Sicredi - Bank

  • Antônio José

  • Paraná Multas

  • Brinquedolândia

  • Educare - Horizontal

  • Prefeitura IPTU 2021

  • Baile Tropical

blz.com.br