Unicampo - Pós 2021
  • Isso que você é está vendo não é nenhuma montagem. Nem um efeito especial de computador. Muito menos o pão que os vereadores José Turozi e professor Idê estã comendo está embolorado. O pão é verde mesmo, igual ao partido que eles pertencem. O clic foi feito ao final da última sessão ordinária, na semana passada. O lanchinho foi dado por um amigo da dupla que poucos minutos antes participara de um coquetel árabe na Acicam. Ele viu o pão verde e lembrou da dupla “pevista”. Aliás, parece que eles gostaram. Comeram o pãozinho seco, sem margarina e sem café. Também, essas sessões demoradas dão uma fome...  

    Comentário(s)
  • Prever - Descontos

  • Senadora
    Além de um candidato a governador, Campo Mourão pode ter uma candidata a senadora. E numa mesma chapa. Ver-da-de! A empresária mourãoense Eda Slomp foi indicada pelo PV para concorrer ao Senado na coligação PPS-PV. Como são duas vagas, uma seria do PV e outra do PPS. Já pensou, a gente com um governador e uma senadora? Até a Boiadeira é capaz de sair...


    A vice
    Aliás, você sabe quem será o candidato a vice de Rubens Bueno? Boca Santa sabe. Trata-se da socióloga e ambientalista Sigrid Andersen (deve ser sueca), que foi indicada pelo PV. Portanto, se o Partido Verde já indicou uma mulher para vice, não custa nada indicar outra para o Senado. Daí é só plagear o tal Jamil Nakad: “Chega dos mesmos!”...


    Deputável
    E o vereador José Turozi, é ou não é candidato a deputado? Por incrível que pareça, ontem nem o própro Turozi sabia disso. O prazo das convenções venceu no final de semana, mas ontem enquanto Turozi estava na cidade, Eda Slomp ainda fazia as “costuras” em Curitiba. Só depois ele seguiu rumo à capital. Mas olha que costura é melhor deixar pra mulher mesmo...


    Tá fora
    Se a candidatura de Turuzi ainda era uma incógnita, a situação do vereador Celso Hruschka já estava bem definita. Definitivamente ele não é candidato a deputado. Hruschka ainda conversou com o “tudão” do PDT, Álvaro Dias, na quinta-feira, mas candidatura que é bom não saiu. Ficou para 2006. Só não lhe peçam para votar em Oclécio Menezes. Ah, nem pela unidade partidária, Celso?...


    Número
    Por enquanto, vereador candidato a deputado estadual mesmo só Edson Battilani. Ele voltou da convenção do PPS, realizada sábado em Curitiba, com candidatura homologada e até número definido. É o mesmo número da campanha para vereador: 23.450. Ué, em número que está ganhando não se mexe...


    Visita
    Por falar em convenção do PPS, não é que o senador Roberto Requião passou por lá antes de ir para o encontro do PMDB? É sério. Foi dar um abraço em Rubens Bueno. Pode? Pode. O próprio site de Bueno – www.rubensbueno.com.br - informou ontem que Requião disse que pode apoiar o pepeessista caso este passe para o segundo turno. Cá entre nós: a essa altura cavalo já deve ter voado...


    Afinidade
    Ex-inimigos políticos, Bueno e Requião acabaram se aproximando porque ficaram com dois inimigos em comum: o senador Álvaro Dias e o governador Jaime Lerner. Para enfrentá-los, é bem provável uma união no segundo turno. Quem viver verá. A não ser que nenhum vá para a “segunda fase”. E aquela história de “Rubinho é a vovozinha”? Ah, águas passadas...


    Federal
    Com Bueno candidato a governador, vão disputar uma vaguinha no Congresso Nacional o empresário-radialista Valdete Rodrigues de Almeida (PDT), o consultor do Sebrae João Douglas Fabrício (PPS) e o advogado-vereador Edoel Rocha (PSDB). Parece pouca gente, mas o que mais tem pela região é pára-quedista fazendo campanha. E o diacho é que esses pára-quedas sempre abrem...


    Outdoor
    A campanha começa pra valer a partir de agora, que as candidaturas estão sendo oficializadas. Pelo menos um setor, porém, já está faturando alto. É o setor de outdoors. Depois dos painéis de Rubens Bueno (“Fala Paraná”) e Rafael Greca, agora a cidade está infestada de propagandas de Álvaro Dias e Roberto Requião. Isso sem falar do Ricardo Barros. Se pelo menos a empresa de outdoor fosse mourãoense...


    Extraterrestre
    Não estranhe se a Festa do Carneiro no Buraco atrair até extraterrestres a Campo Mourão.
    Reportagem sobre o evento foi publicada semana passada no “Jornal do Sul de Minas”, de Varginha (MG). É a terra do ET! E como o jornal também circula em Três Corações, numa dessas vem até o Pelé. Que festa nacional, que nada! Agora é festa intergalática do carneiro no buraco...


    Pedágio
    Boca Santa teve acesso ontem ao processo contra os quatro policiais rodoviários e o empresário que foram presos acusados de corrupção na balança de Peabiru. Os depoimentos dizem que os policiais cobravam um “pedágio” que variava de R$ 50 a R$ 100 de cada ônibus de sacoleiro que passava pelo local. E a gente reclamando do pedágio da Viapar...


    Gravado
    As acusações são baseadas, principalmente, num depoimento que a tenente Cláudia Ferreira da Silva concedeu relatando conversas que teria tido com o empresário Amauri Lopes. Só para se ter uma idéia, a certa altura falam que o esquema rendia R$ 6 mil para cada policial. Por mês! E tem até três fitas gravadas no processo contendo trechos dessas conversas. Hummmmm...


    Riqueza
    Nessa história aí, o Ministério Público já investiga o enriquecimento dos policiais envolvidos. Por enquanto, o MP já fala em indícios de gente com um patrimônio bem maior do que o seu salário poderia comprar. Aliás, no processo existe até relação de bens patrimoniais de pelo menos um dos acusados. Ou tem coisa errada ou o governo anda pagando muito bem...


    Inocente
    O empresário Amauri Lopes prestou depoimento ao Minitério Público na semana passada, quando foi preso. Ele negou todas as acusações que foram feitas contra ele. Disse, por exemplo, que mal conhece a tenente Cláudia e que nunca repassou propina a ela. Admite que esteve na casa dela, mas só para convidá-la para uma reunião do Rotary. E as gravações? Ah, detalhes só com o rei Roberto...


    Carro velho
    A notícia da morte do médium espírita Chico Xavier chamou a atenção de leitores de Boca Santa pelo carro fúnebre utilizado para levar o corpo até o local do velório. Era uma Caravan 82. Isso mesmo: o veículo tem 20 anos de uso. Em Campo Mourão isso seria impossível. A lei obriga carros com, no máximo, 5 anos rodados. Ah, carro velho basta em vida...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Estaremos juntos no segundo turno.

    Roberto Requião (PMDB), respondendo aos jornalistas sobre os motivos que o levaram a visitar a convenção do PPS de Rubens Bueno, no sábado; domingo, em “O Estado do Paraná”.

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • Antônio José

  • Paraná Multas

  • Educare - Horizontal

blz.com.br