Unicampo - Pós 2021
  • Eis o que restou da revistaria que funcionava na rodoviária nova de Campo Mourão. Era a única loja existente no terminal, mas acabou sendo desativada por falta de público. O cartaz deixado na porta parece irônico: “Encerramos nossas atividades em 30/06/2002. Agradecemos a colaboração”. Como é que é? Agradecemos a colaboração? Colaboração de quem? Dúvidas à parte, resta funcionando apenas a lanchonete que vende salgadinhos. Por isso mesmo, a direção da Aterfi já fala em fechar o segundo andar da “rodô”. A idéia não é das piores, afinal aquilo é tudo aberto e no inverno faz um frio danado. Se bem que uma boa pista de patins no gelo...  

    Comentário(s)
  • Prever - Descontos

  • Negado
    Má notícia para os quatro policiais rodoviários e para o empresário mourãoense presos sob a acusação de cobrança de propina da balança de Peabiru. O Tribunal de Justiça do Estado negou o pedido de habeas corpus que daria a liberdade ao quinteto. Sendo assim, todos continuam presos. O empresário na cadeia de Araruna e os policiais em batalhões. Ah, pensando bem, o mundo aqui fora não está muito seguro mesmo...


    Sem sigilo
    Tem mais: a juíza substituta de Peabiru, Sandra Regina Bittencourt Simões, acatou pedido do Ministério Público e ampliou a quebra do sigilo bancário dos cinco acusados. Agora, além da conta-salário deles, ficam com sigilo quebrado todas as outras contas bancárias que eles possam ter pelo País. Isso fora o sigilo fiscal e telefônico que está quebrado faz tempo. Eta “quebradeira” danada!...


    Ameaça
    O secretário municipal Cristiano Calixto (Fiscalização) passou o dia ontem sob proteção policial. Tudo porque a Polícia Militar recebeu denúncia de que tinha gente querendo “pegar”o secretário para um acerto de contas. Como Calixto anda mexendo com coisas polêmicas (mototáxi, camelôs, etc), a PM preferiu prevenir do que remediar. Ih, só falta mandar blindar o Golzinho...


    Corintiano
    Segundo a denúncia, quatro homens em duas motos estavam em frente ao Super Muffato tramando o “pega” ao secretário. O que mais irritou Calixto, porém, foi a descrição de um desses homens. Não é que o danado estava usando gorro e camiseta do Corinthians? Justo do Timão amado do secretário? Ah, esse é só filiar na Associação dos Corintianos que ele se acalma...


    Só como chefe
    Por falar em Cristiano Calixto, ele voltou a se reunir ontem com os camelôs donos das barracas amarelas embargadas na semana passada. Muita discussão, mas pouca conclusão. De novidade, só o fato dos barraqueiros exigirem a presença do prefeito Tauillo Tezelli. Eles disseram que querem conversar com quem resolve de uma vez. Hummm, tão podendo, hein?...


    Voz alta
    Apesar dos bombardeios que vem rebendo, Cristiano Calixto manteve a calma durante quase toda a reunião de ontem. Quase todo o tempo. A certa altura ele se irritou quando um participante criticou a ausência do advogado que defende os camelôs. Calixto ergueu a voz e disse que não admitia críticas a um colega dele que não estava presente para se defender. Olha o corporativismo!...


    Desconto, não
    O Ministério Público já entrou com recurso para tentar derrubar a decisão judicial que autoriza o corte de água por falta de pagamento. Recurso à parte, porém, a Sanepar garante que não vai cortar a água de nenhum inadimplente por enquanto. Antes, vai chamar todo mundo para uma negociação. Mas é só para negociar prazo. Nada de dar descontos aos maus pagadores. Ah, nem um Refis-aguinha?..


    Números
    Os números da inadimplência com a Sanepar em Campo Mourão se tornaram impressionantes nos últimos meses. Segundo a empresa, 15 mil clientes deixaram de pagar a conta de água, incluindo mil empresas comerciais e 50 industriais. E olha que Campo Mourão só tem 22 mil clientes. Resultado: dívida acumulada de R$ 2 milhões. Imagine se fosse água mineral, hein?...


    Fugiram
    Fuga de presos em Barbosa Ferraz. Quatro homens serraram uma grade do corredor, subiram no teto e escaparam pelo telhado. Nem é preciso dizer que a cadeia da cidade não tem carcereiro. O serviço é feito por um preso de confiança, que não teve culpa nenhuma. Aliás, ontem de manhã um dos fugitivos se entregou, arrependido da fuga. Ah, deve ter achado que foi covardia demais...


    Absolvido
    A comunidade de Farol está perplexa. O bóia-fria Ari Armelindo dos Santos, 47, que era acusado de ter matado uma mulher e o filho dela, de 14 anos, a pauladas, em julho do ano passado, foi absolvido por 7 a 0. Santos, que tinha confessado os crimes, passou a negar tudo e, sem provas materiais, saiu livre do fórum. E ainda foi por 7 a 0! Ih, ficou parecendo a França na Copa...


    Sem advogado
    O curioso dessa história é que Santos nem advogado contratado tinha. Cinco advogados de Campo Mourão nomeados pela Justiça recusaram a causa. A defesa no julgamento acabou sendo feita por um trio de advogados de Ivaiporã. Eles defenderam a tese de negativa de autoria e falta de provas. E sem mulheres no júri ficou mais fácil. Aliás, essa cegueira da Justiça não tem cura, não?...


    Cassação
    Foi protocolado ontem na Câmara de Quinta do Sol o pedido de cassação do vereador Mauro de Andrade Martins. O pedido foi feito por um outro vereador e é baseado na falta de decoro parlamentar. Martins chegou a ser preso no mês passado acusado de forjar uma tentativa de extorsão. São necessários seis votos para que ele seja cassado.


    Carneiro
    Às vésperas da 12a Festa Nacional do Carneiro no Buraco, a prefeitura descobriu novos detalhes da origem do prato. A primeira tentativa de prepará-lo foi feita numa chácara do pioneiro Ênio Queiroz, em frente à nova Santa Casa. Mas não deu certo: ficou cru. Na segunda tentativa ficou esfumaçado, na terceira ficou mais ou menos e só na quarta deu pra comer. Sorte deles que não tinha Procon naquela época...


    Gastos
    O deputado estadual Rubens Bueno declarou ao TRE que vai gastar R$ 1,7 milhão na campanha para o governo do Estado. Pouco pertos dos R$ 12,6 milhões de Beto Richa ou dos R$ 8 milhões de Roberto Requião. Difícil é acreditar que Álvaro Dias gastará apenas R$ 2,8 milhões, o mesmo que o padre Roque. Ih, desse jeito perde a eleição, hein?...


    Campeão!
    E Roncador, hein, quem diria? Faturou domingo o título de campeão brasileiro de handebol feminino categoria cadete. Representando o Paraná, o time roncadorense venceu Santa Catarina na final por 14 a 11 e ficou com o caneco. O torneio foi disputado em Roncador mesmo, que ainda teve três meninas escolhidas entre as melhores da competição. Viu, Rivaldo como é que faz?...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Eu tinha uma lojinha, mas quebrei e fui parar numa barraca

    Sandro Marcos de Almeida, um dos camelôs que teve sua barraca fechada pela prefeitura na semana passada, explicando que os barraqueiros não têm condições de partir para o comércio formal; ontem, durante reunião com a prefeitura e vereadores de Campo Mourão.

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • Antônio José

  • Paraná Multas

  • Educare - Horizontal

blz.com.br