Prever Novo
  • Ao início de cada sessão, a Câmara fornece uma caneta para cada um dos 17 vereadores. Quando a sessão termina, só 10 ou 11 canetas são devolvidas pelos "nobres edis". Ué, não querem reduzir as diárias e reduzir o número de vereadores? Então, as canetas já estão sendo reduzidas...
    Comentário(s)
  • Unicampo - Pós Nova

  • Não se iluda. Só por milagre as duas atuais funerárias de Campo Mourão perdem a concorrência que a prefeitura vai abrir para o setor. No edital de licitação, a funenária vencedora será obrigada a construir uma nova capela mortuária, proposta já defendida há tempo pelas tais funerárias. Elas já têm até terreno comprado para isso em frente ao cemitério. Hummm...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • O novo presidente do DCE da Fecilcam, Fabiano da Silva França, está animado. Ele tomou posse ontem à noite e já tem um projeto, com cronograma e tudo, de como será feito um protesto para que o governo do Estado agilize a abertura de um concurso para contratação de professores efetivos à faculdade. Ah, esses jovens, sempre tão sonhadores...

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • Se você pensa que está mais calma a relação entre juízes e promotores de Campo Mourão, está enganado. Esta semana, o Ministério Público abriu novo procedimento para investigar um juiz da comarca por "improbidade administrativa". E que justiça seja feita...

    Comentário(s)
  • Carlos Dubay

  • Essa proposta de reduzir do IPTU em 30%, já sobrou até para o deputado federal Rubens Bueno (PPS). Ontem, um ouvinte do Anísio Moraes (rádio Colméia) ligou dizendo que no tempo de Bueno o IPTU dele era maior que o salário mínimo e que, hoje, está bem menor. Mas como subiu esse salário, hein?...

    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • Aquela idéia de se realizar um referendum popular para que o povo decida quantos vereadores deve ter a Câmara de Campo Mourão ganhou mais um tempinho. Ontem o vereador Edson Battilani (PPS) sugeriu e conseguiu um pedido de vistas por três sessões para a votação do assunto. É, melhor ir assim, pedindo vistas. Uma hora, quem sabe, o povo esquece...

    Comentário(s)
  • Marcio Nunes 2

  • A maestrina exlica ainda que a tal introdução nada mais é do que uma letra à tradicional introdução já existente no Hino Nacional. Estranho, para ela, é ver pessoas mascando chicletes ou conversando na hora do Hino. Falta de mandar essa gente para ficar uma semana com o subtenente Eribaldo...

    Comentário(s)
  • Terra FM

  • Um leitor lembra, por e-mail, que Celso Hruschka (PMDB) não é o primeiro vereador de Campo Mourão a usar a tribuna da Câmara para criticar a Coamo. Num passado recente, Celso Ferrari também fez isso. Deve ser mal de Celso. Só pode...

    Comentário(s)
  • Ontem à noite teve sessão especial na Câmara de Campo Mourão com a diretora da Fundacam, Edilaine Castro. Ele tinha 10 minutos para fazer as considerações iniciais. Falou 45 minutos e só parou porque começou a receber bilhetinhos para ser mais breve. Pelo sobrenome e pelo tanto que fala, deve ser parente do Fidel Castro...

    Comentário(s)
  • A bancada do PV (leia-se professor Idê e José Turozi) apresentou projeto de lei para tornar obrigatório que todas as leis, decretos e portarias em vigor em Campo Mourão sejam colocados na internet. Segundo Idê, assim o cidadão pode fiscalizar a prefeitura até quando acorda de madrugada e não tem o que fazer. Em tempos de internet você não vai ficar contando carneirinhos, vai?...

    Comentário(s)
  • O vice-prefeito Getúlio Ferrari Júnior (PPS), que participou da sessão de ontem como presidente da Fundacam, disse que uma reforma administrativa deverá recriar as secretarias de Cultura e de Esporte. E a agricultura, não volta? Ah, isso aí é pasta para município com potencial agrícola...

    Comentário(s)
  • A maestrina Sônia Márcia Cardoso esclarece: a introdução que ela vem cantando nas execuções do Hino Nacional Brasileiro é comum nas grandes cidades. Inclusive, ela teria conseguido a tal introdução com a Polícia Militar de Curitiba. Tá explicado. Mas que ficou mais difícil decorar a letra, ficou...

    Comentário(s)
  • Marcos Rodrigues dos Santos à parte, a sessão especial de ontem foi calma. Tão calma que a certa altura o vereador Luiz Gustavo Gurgel (PMDB) chegou a dizer que a direção da Fundação estava de parabéns. Ai-aiai-aiai! Não foi assim que o papai ensinou, hein Gustavo?...

    Comentário(s)
  • Apesar de já terem passado cerca de três anos, foi impossível falar em Fundacam na Câmara sem a lembrança dos R$ 140 mil desviados pelo ex-diretor-financeiro da fundação, Marcos Rodrigues dos Santos. Portanto, desvio também é cultura...

    Comentário(s)
  • Só para se ter uma idéia, o orçamento da Fundacam para este ano é de R$ 460 mil. Aí já dá para ver que a quantia desviada pelo ex-diretor da fundação foi significativa. Quase 1/3 do orçamento anual. O Paolicchi não desviou 1/3 do orçamento de Maringá, desviou?...

    Comentário(s)
blz.com.br