Prever Novo
  • Falando em educação, tem professor preocupado com essa idéia do vereador Isidoro Moraes (PSL) de proibir cantinas em escolas públicas. Explicação: com os repasses governamentais em baixa, algumas escolas estariam sobrevivendo graças aos lucrinhos das cantinas. Ah, mas então fecha esse governo também...
    Comentário(s)
  • Unicampo - Pós Nova

  • Lembra da polêmica sobre a não-nomeação do professor Joseval Pelizer para a vice-direção do Colégio Marechal Rondon? A chefe do Núcleo de Educação, Maria de Lourdes Polizer, não esconde de ninguém: se depender dela, Joseval não será nomeado para o cargo, não. Ela considera o professor complicado demais para a função. Já chega um diretor petista no Rondon...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • A novela "Porto dos Milagres" vem mostrando algo curioso: o prefeito (Antônio Fagundes), despacha da sua empresa particular e não da prefeitura, como seria correto. Mais ou menos como em Araruna durante a gestão do prefeito-empresário Hermes Campos Teixeira (Farinha Pinduca). Ué, se a vida imita a arte, por que a arte não pode imitar a vida de vez em quando?...

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • O que a prefeitura de Campo Mourão deve fazer com os R$ 500 mil que vai receber, à vista, com a terceirização da nova rodoviária? 29% responderam que ela deve deixar o dinheiro exposto no calçadão para a gente acreditar. Já 33% disseram que é melhor comprar tudo em remédios só para tapar a boca da oposição. Os "clientes" dos postinhos agradeceriam...

    Comentário(s)
  • Carlos Dubay

  • Uma das causas das longas sessões da Câmara de Campo Mourão é que os vereadores volta e meia estão fugindo do assunto em discussão. Na semana passada, por exemplo, chegou um momento em que um brigava com outro para ver quem votaria em governador do interior ou em governador da capital. Pode? O pior é que essa discussão ainda acabou empatada: 2 a 2...

    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • Um professor procurou a BOCA SANTA para sugerir a Isiodoro Moraes que, ao em vez de proibir cantinas nas escolas públicas, que tente proibir a abertura de bares em frente aos estabelecimentos de ensino. É que tem bar por aí, bem na frente da escola, vendendo bebidas alcoólicas e cigarros. Tá dada a sugestão...

    Comentário(s)
  • Marcio Nunes 2

  • Sessões terminando depois da meia-noite e até depois da uma hora da manhã são, de fato, um insulto à população mais pobre. Quem tem que levantar cedinho para trabalhar não pode se dar ao luxo de ficar fora de casa até à meia-noite. Além disso, a circular pára às 23 horas. E o povo? O povo, se quiser, que vá embora a pé...

    Comentário(s)
  • Terra FM

  • Os vereadores do PV, professor Idê e José Turozi, tiveram primeiro essa preocupação com as sessões terminando muito tarde. Eles propuseram uma mudança: passar os projetos de lei para o início das sessões e deixar as indicações, de menor interesse público, para o final. A idéia foi rejeitada por 9 a 5. E o povo? O povo, se quiser, que espere...

    Comentário(s)
  • BOCA SANTA está devendo o resultado final de suas últimas enquetes. Onde os jovens de Campo Mourão devem instalar seu "point"? 49% acharam que o melhor lugar é a nova rodoviária, ainda sem uso. 26% preferiram a área onde Nélson Tureck (PFL) iria instalar o pólo de alimentos. É, talvez, os postos de gasolina não sejam tão ruins assim...

    Comentário(s)
  • Como as sessões da Câmara estão terminando muito tarde, o vereador Edson Battilani (PPS) está propondo que o início das sessões seja antecipado das 20 horas para às 19 horas. Duro será para o cidadão escolher, no mesmo horário, entre ir à sessão da Câmara ou ouvir "A Voz do Brasil". Só no cara e coroa...

    Comentário(s)
  • A lista publicada no final de semana pela "Folha do Paraná" com os ex-deputados estaduais que recebem aposentadoria como deputado tem pelo menos mais um mourãoense: Augusto Carneiro. Isso sem contar Paulo Poli e Armando Queiroz. É, pensa que antes a região era fraca como hoje?...

    Comentário(s)
  • Quem mais se irrita com essa história do secretário municipal da Fazenda e Administração, Carlos Alberto Pequito, ser pago pela Previscam, onde é superintendente, é o Sindicato dos Servidores Municipais. Para o presidente Vanderlei Veiga Ribeiro, é como se Pequito tivesse se aposentado com oito anos de serviços à prefeitura. Que maldade!...

    Comentário(s)
blz.com.br