Unicampo - Online
  • Qual abaixo-assinado vai dar em alguma coisa: o dos moradores do Lar Paraná que pedem a volta do delegado Antônio Rodrigues dos Santos ao comando do 1º Distrito Policial ou o da população de Campo Mourão que tenta impedir a privatização da Copel?...
    Comentário(s)
  • Colegio Vila Militar

  • Os deputados estaduais Édino Guimarães e Geraldo Cartário, do PSL, estiveram ontem de manhã fazendo uma visitinha à Câmara de Campo Mourão. O PSL tem três vereadores na cidade: Geraldo Pedro Sacramento, Isidoro Moraes e Salvador Martins. Também estavam por lá o ex-vereador Edvaldo Louzano e o presidente local do PSL, Valter Velozo, entre outros. Por falta de espaço, reunião aconteceu na sala do presidente Izael Skowronski (PPS), que não estava na Câmara. Mas não é por isso que vão pedir instalações mais amplas para o legislativo, é...
    Comentário(s)
  • Prever - Dúvidas

  • Ainda sobre a criação dos três novos cargos de assessores, não deixa de ser curioso o comportamento da vereadora Maria Verci Ribeiro (PL). Na Comissão de Finanças de Orçamento, da qual ela faz parte, Verci votou contra a proposta. No plenário, ela votou a favor dos novos carguinhos. A vereadora, porém, explicou. Disse que não podia votar contra seus colegas que precisavam, assim como ela, de um assessor e que só havia votado contra na comissão porque estava nervosa. Pensando bem, essa legisla melhor quando perde a calma...

    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Saiu o novo quadro de servidores comissionados da Câmara de Campo Mourão. Foram extintos dois cargos que não estavam preenchidos (procurador jurídico e assessor técnico). Em compensação, foram criados dois cargos de assessor de bancada. E desses, podem ter certeza, pelo menos dois serão preenchidos já. Portanto, no papel há economia, mas na prática...

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • O "Órgão Oficial" também traz duas portarias nomeando duas servidoras da prefeitura para trabalhar no Fórum. Traz também um edital de teste seletivo para a prefeitura contratar três funcionários, incluindo um psicólogo, e cedê-los para o Cefet. Depois, haja IPTU pra gente pagar...

    Comentário(s)
  • Paraná Multas

  • O ex-prefeito de Farol, Gilmar Cardoso, vai continuar contratado pela prefeitura de Campo Mourão e cedido para trabalhar na Cohapar. Pelo menos é isso que dizem as portarias 214 e 215 publicadas ontem no "Órgão Oficial do Município". Não é por nada, não, mas se é para ceder Cardoso para a Cohapar, por que a contratação não é feita pela prefeitura de Farol?...

    Comentário(s)
  • Antônio José

  • Ao vetar o projeto que previa o tombamento histórico do prédio do Planejamento (primeiro prédio de alvenaria de Campo Mourão), o prefeito Tauillo Tezelli fez questão de ressaltar que acha a proposta importante. "O município de Campo Mourão tem interesse em preservar o espaço com suas características", escreveu ele na mensagem enviada à Câmara. Então, pelo visto, o prefeito só não gosta mesmo é do coreto...

    Comentário(s)
  • Araruna - Covid

  • O veto do projeto do corrimão ainda foi derrubado pela Câmara, o que signfica que a lei está valendo. Já os projetos das antenas de celulares e do tombamento ainda não foram apreciados pelos "nobres edis". Em compensação, o veto ao projeto do DNA foi mantido. Isso mesmo: em dezembro, projeto aprovado por unanimidade. Em março, projeto engavetado. Deve ser este século 21 que trouxe uma nova mentalidade...

    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • O prefeito Tauillo Tezelli (PPS) anda afiado quando o assunto é veto. Além do projeto que previa o tombamento para o patrimônio histórico do prédio onde hoje está a Secretaria Municipal de Planejamento, ele vetou outras propostas provadas no final do ano passado. Tezelli vetou a lei que proibia antenas de telefones celulares no perímetro urbano, vetou a lei que garantia exame de DNA grátis a pessoas carentes e até um projeto que obriga corrimão em escadas de prédios de uso público. Não gostou? Então vira prefeito...

    Comentário(s)
  • Marcio Nunes 2

  • BOCA SANTA comentou ontem sobre o matagal que domina alguns terrenos do jardim Albuquerque. Coincidentemente, ontem saiu a lista dos 155 proprietários de imóveis da área que estão sendo intimados pela prefeitura para dar uma roçada em suas propriedades. No meio da lista tem até um Gilberto Gil. Se for o Gilberto Gil cantor, pelo menos ele tem a desculpa de ser membro do Partido Verde. E mato é verde, não é?...

    Comentário(s)
  • Enquanto a Caixa Econômica despeja os vivos, a prefeitura de Campo Mourão desaloja os mortos. A Secretaria Municipal de Infra-Estrutura e Meio Ambiente vai despejar dentro de 15 dias 163 restos mortais de túmulos abandonados do Cemitério Municipal São Judas Tadeu. O "listão" com os nomes dos despejados está na edição de ontem do "Órgão Oficial do Município". Se não faz isso, a prefeitura não tem onde enterrar mais ninguém no velho São Judas Tadeu. A não ser que comecem a colocar os defuntos em pé na cova...

    Comentário(s)
  • O ato público realizado ontem, na Fecilcam, contou com a execução do Hino Nacional a luz de velas. Ao final do evento, Friederich recebeu de Darcy Deitos um abaixo-assinado com 5.543 assinaturas de mourãoenses que não querem a privatização da Copel. É, se não der em nada, fica ao menos uma boa sugestão para o jogo do bicho...

    Comentário(s)
  • Ontem à noite, durante o ato público contra a venda da Copel, em Campo Mourão, o coordenador estadual do movimento anti-privatização, Nelton Friederich, sugeriu uma vigília em frente a casa dos deputados favoráveis à venda. A vigília deve ser feita com vela acesa na mão. Para quem interessar possa, o deputado estadual Nelson Tureck (PFL), que defende a venda da Copel, mora no apartamento 401 do edifício Caribe, que fica na avenida Goioerê número 1.980. Agora, por via das dúvidas, é melhor manter uma vigiliazinha também em Luiziana, onde Tureck mantém outra casa...

    Comentário(s)
blz.com.br