Prever Novo
  • Essa mancha preta que você está vendo em meio ao matagal são dejetos da rede de esgoto de Campo Mourão. Vândalos jogaram pedras de até 10 quilos na rede que entupiu e acabou provocando vazamento. Azar dos moradores próximos a uma chácara nos fundos do Super Muffato, que ficaram aguentanto o cheirinho até que a Sanepar pudesse resolver o problema. A rede foi desentupida, mas o estrago, bem perto do rio Km 199, ficou. É, agora que a Sanepar tem acionistas da França, poderia ao menos usar um perfuminho francês nesses casos...

    Comentário(s)
  • Unicampo - Solidário

  • O IAP de Campo Mourão esteve percorrendo os depósitos de lixo da região. Descobriu que o único que se salva é o de Roncador. Em Terra Boa, por exemplo, o lixão só não recebeu nota zero porque não conta com urubus. Mas se for por isso a gente pode levar aqueles do edifício Likes, não pode?...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Falando em IAP, o órgão flagrou obras em uma chácara à beira do lago da Usina Mourão. Nada demais se a propriedade não estivesse no nome de uma das filhas do deputado Nélson Tureck (PFL). Aliás, à "Gazeta do Povo", Tureck disse que o trabalho foi ordenado por ele, mas era para fazer o plantio de árvores. Hum, mais fácil explicar o voto pela venda da Copel...

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • Falando em Tureck, ele tem sido muito criticado, inclusive por esta Página, por ter votado favorável à privatização da Copel. Não dá para negar, no entanto, a fidelidade dele com o governador Jaime Lerner (PFL). O governo do Estado está numa baixa danada e Tureck fica ali, junto, fiel. Ah, o amor é lindo...

    Comentário(s)
  • Carlos Dubay

  • Em Campo Mourão, muita gente critica a venda da Copel, do Banestado e os pedágios, mas dá para contar nos dedos das mãos as lideranças políticas que não fizeram campanha para Lerner. O prefeito Tauillo Tezelli e o deputado Rubens Bueno, do PPS, por exemplo, estiveram com Lerner tanto em 94 como em 98. Agora caíram fora. Também, a essa altura, nem Lerner vota nele mais...

    Comentário(s)
  • Farol - Covid - novo

  • A empresa mourãoense que está na briga pela concessão de uma canal de televisão em Campo Mourão chama-se LGMTV. O L é de Luiz Alfredo da Cunha Bernardo, o G de Getulinho Ferrari e o M de Marco Antônio Kunzler. Duro é saber se o TV é de televisão ou de Tauillo Tezelli e Augustinho Vecchi...

    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • O delegado-chefe da 16ª SDP, Roberval Butaccini, disse em entrevista à rádio Humaitá que os donos de bicicletas precisam ter mais cuidado para evitar furtos das magrelas. O curioso é que ele deixou o estúdio e logo em frente à emissora se deparou com uma bicicleta sem cadeado sem nada. Ah, e a confiança na presença do "xerife", não conta?...

    Comentário(s)
  • Hemonúcleo - Agendadamento

  • Ontem, em frente ao Centro Médico, Butaccini flagrou um carro com um dos vidros traseiros abertos e, em seu interior, vários CDs. Tudo largado, esperando um ladrão qualquer. O delegado se irrita com cenas como essa porque elas facilitam a vida do bandido e dificultam a da polícia. E bandido não reclama de baixos salários, reclama?...

    Comentário(s)
  • Marcio Nunes 2

  • Não falem em Conselho Municipal de Segurança perto da vereadora Maria Verci (PSL). Ela disse que frequentou, durante certa época, as reuniões do órgão, mas desistiu diante da falta de resultados práticos. Nessa, ganhou apoio de Sidnei Jardim (PPS). Ih, faz de conta que na Câmara é muito diferente...

    Comentário(s)
  • Terra FM

  • Saiu o novo regulamento para a nova rodoviária de Campo Mourão. O negócio é tão polêmico que o terminal nem começou a funcionar e já está no segundo regulamento. O parágrafo único do artigo 2º diz que não será permitido embarque e desembarque na rodoviária velha a partir da 0h do dia 27. Ih, essa novela a gente já viu. Agora é vale a pena ver de novo...

    Comentário(s)
  • O novo regulamento (decreto 2.327) retirou aquela parte que permitia à administradora da rodoviária cobrar taxa de embarque até de quem embarcasse em Peabiru ou Mamborê. Outra mudança foi incluir um representante das empresas de ônibus no Conselho Deliberativo. Só falta definir agora que manda para pôr aquele negócio para funcionar...

    Comentário(s)
  • Em Farol, a prefeitura anunciou que deve inaugurar sua rodoviária no ano que vem. Lá, porém, as obras ainda nem começaram. Por enquanto, foi definida apenas a empreiteira para os trabalhos. Ué, pelo menos assim, se o negócio continuar enrolado em Campo Mourão, a gente embarca de lá...

    Comentário(s)
  • O vereador Gustavo Gurgel (PMDB) parabenizou o presidente Izael Skowronski (PPS) por ter conseguido as salas da Secretaria de Obras e Serviços Públicos para a Câmara. Obras e Serviços Públicos? Estaria Gurgel se referindo à Secretaria de Desenvolvimento Econômico ou a Câmara está de olho também nas salas da Codusa para abrigar novas bancadas?...

    Comentário(s)
  • A assembléia da Acamdoze (associação de vereadores da região) realizada no final de semana em Campina da Lagoa teve até bingo. Isso mesmo: bingo. A entidade promoveu o bingo para arrecadar recursos para o site que vem desenvolvendo e para pagar uma viagem a Brasília de alguns "nobres edis". Ah, foi uma "contravençãozinha" só sem maldade...

    Comentário(s)
  • Falando em Acamdoze, o presidente da entidade, Bento Batista (vereador em Juranda pelo PPS), não gostou nada de ver lideranças de Campo Mourão se reunindo com o governador para discutir a questão da Unespar. Batista entende que a luta é regional e que a Acamdoze deveria ter sido chamada. É, talvez Jacarezinho tenha feito assim...

    Comentário(s)
  • Antes que a Câmara de Campo Mourão pudesse votar o projeto de Sidnei Jardim (PPS), o governo do Estado baixou um decreto proibindo os caça-níqueis no Paraná. A proibição saiu ontem. Em Campo Mourão, quem não vai gostar da notícia é o ex-prefeito Renato Fernandes Silva, que adora fazer suas apostas nos caça-níqueis da Boca Maldita. Ah, mas ainda resta o palitinho...

    Comentário(s)
  • A mulher quase pulou no nosso pescoço".

    Sebastião Ribeiro (PT), vereador, se referindo à chefe do núcleo regional de Educação, Maria de Lourdes Maia Polizer, que não teria gostado de ouvir Ribeiro dizer que o Estado ainda estava devendo obras de ampliações de escolas. De fato, o governo demorou, mas já mandou o dinheiro.

    Comentário(s)
blz.com.br