Unicampo- vestibular - 2022
  • Olha aí a prefeita de Barbosa Ferraz, Elza Marques Gonçalves (PFL), com o seu Fusquinha 1979. Ela tem o carro há 15 anos, mas ele nunca foi tão importante quanto agora. É que ontem a prefeita entregou o Fiat Tempra 97 da prefeitura, avaliado em R$ 15 mil, como parte do pagamento de uma dívida trabalhista de R$ 42 mil. Sem o carrão do gabinete, Elza agora terá que apelar para o Fusquinha. Ontem ela bem que tentou, mas não deu. O Fusca amanheceu tossindo que só ele e teve que ir para a oficina. Ah, mas como já dizia Chico Buarque: "Amanhã será outro dia"...

    Comentário(s)
  • Corpal - Royale - Lançamento

  • Foi realizada ontem à noite a vigília em frente à casa do deputado estadual Nélson Tureck (PFL), em Campo Mourão, contra a venda da Copel. Cerca de 30 pessoas com velas e tochas nas mãos, faixas e um carro de som participaram do protesto. Não foi muita gente, é verdade. Mas com aquele frio de ontem à noite, convenhamos, só se trocassem as tochas por uma fogueira...
    Comentário(s)
  • Prever - Descontos

  • Quando os manifestantes chegaram em frente à casa de Tureck, o deputado não estava. Mas não é que no meio da manifestação contra a venda da Copel o deputado apareceu? Apareceu, cumprimentou um por um os manifestantes e ficou no meio deles, ouvindo o discurso até o fim. Depois foi embora. Mais enturmado que isso, só se xingasse o governador...

    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • A maneira como Tureck participou do manifesto foi tão inusitada que até os manifestantes ficaram sem saber o que fazer. Ninguém, por exemplo, ousou vaiar o deputado mourãoense. Tureck, por sua vez, não quis discursar, apesar de terem-lhe oferecido a palavra. É, assistir o protesto tudo bem, mas provocar, não, né?...

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • Fora do microfone, Tureck contou que estava numa reunião e que ao ficar sabendo do protesto foi conferir. Disse também que entre os manifestantes estavam vários companheiros seus, citando o caso do engenheiro Roberto Mauro (PMDB), que foi seu vice na eleição do ano passado. Mauro estava com tocha na mão e tudo. Companheiros, companheiros, privatizações à parte...

    Comentário(s)
  • Antônio José

  • Além de sindicalistas e vereadores de Campo Mourão, participaram da vigília o coordenador estadual do Fórum contra a Privatização da Copel, Nélton Friederich, e o deputado estadual Ângelo Vanhoni (aquele, do PT, que quase foi eleito prefeito de Curitiba!). Engraçado, o vice de Vanhoni, José Maurino, que é de Campo Mourão não veio. Santo de casa...

    Comentário(s)
  • Paraná Multas

  • Antes de Tureck chegar ao protesto de ontem à noite, Friederich interfonou várias vezes ao apartamento do deputado (401). Ninguém atendeu. Friederich, então, deixou uma mensagem para Tureck escrita no verso de um adesivo contra a venda da Copel. Não é por nada, não, mas perderam um adesivo...

    Comentário(s)
  • Brinquedolândia

  • A manhã deste sábado promete ser agitada em Campo Mourão. Às 10h, o senador Roberto Requião (PMDB) participa de evento do partido no auditório da Fecilcam. No mesmo horário, prefeitos da região visitam as novas instalações da Santa Casa. É, com Requião na cidade quem sabe possa até dar uma esquentadinha no clima...

    Comentário(s)
  • Educare - Horizontal

  • Graças a um projeto de lei aprovado esta semana, os vereadores de Campo Mourão que a partir de agora forem pegar licença médica terão que apresentar atestado contendo o Código Internacional de Doenças (CID). Proposta foi apresentada pela dupla José Turozi e professor Idê (PV). Ai-aiai-aiai! No tempo em que Cid era só o Moreira, era mais simples...

    Comentário(s)
  • Baile Tropical

  • O vereador Sidnei Jardim (PPS) lembrou o seguinte: na Unipar, em Cianorte, onde ele paga para estudar, é preciso mostrar atestado médico com firma reconhecida e tudo para uma falta ser justificada. Na Câmara, onde ele ganha para trabalhar, o negócio era mais "soft". Mas na direção da Unipar não tem uns seis membros querendo ser candidato a deputado. Tem?...

    Comentário(s)
  • Aliás, os médicos andam meio sem moral na Câmara de Campo Mourão. Na quarta-feira, Maria Verci Ribeiro (PSL), se referiu à categoria como "máfia de branco". Na terça, Turozi disse que hoje em dia se consegue atestado médico "em qualquer esquina". Pode? Se eles estiverem bem de saúde, pode...

    Comentário(s)
  • A nova rodoviária de Campo Mourão, diz a prefeitura, começa a funcionar na terça-feira, dia 31. É o mesmo dia em que o prefeito Tauillo Tezelli (PPS) deve decidir qual secretário fica e qual sai da administração. É, pelo menos quer sair pode pegar as malinhas e embarcar em grande estilo no terminal novo...

    Comentário(s)
  • Rodoviária nova, tarifas novas. A partir de terça-feira, embarcar de Campo Mourão para viagens interestaduais vai custar R$ 1,25. Viagem estadual, acima de 80 km, R$ 1,25 também. Até 80 km, R$ 0,62. Menos de 30 km, R$ 0,31. Até parece que a pessoa que embarca para Curitiba "gasta" mais a rodoviária do que quem segue para Peabiru ou Farol...

    Comentário(s)
  • BOCA SANTA publicou ontem como ficaram os salários dos vereadores (R$ 1.980,66) e do prefeito (R$ 5.725,41) após o reajuste de 8% dos servidores municipais. Correto. Só faltou dizer o ordenadinho dos secretários municipais. Ele passou para R$ 3.134,72, já com 100% de gratificação. É, nada mal se lembrarmos que em 1964 o prefeito ganhava 4 salários mínimos...

    Comentário(s)
  • Qual secretário deve ser o primeiro a ser demitido pelo prefeito Tauillo Tezelli (PPS)? Esta é a enquete desta semana de BOCA SANTA.Até ontem à noite, a liderança estava com Ricardo Widerski (Desenvolvimento Econômico). Mas ainda há tempo para votar e mudar esse placar. Vote. Ué, numa administração transparente, o que é que tem uma "demissãozinha participativa"...

    Comentário(s)
  • O vereador Luiz Gustavo Gurgel (PMDB) foi o único que votou contra projeto da prefeitura de Campo Mourão prevendo a doação de 78 terrenos da cidade para famílias carentes. Ele disse que não é contra o desfavelamento, mas que defende um sistema "mais coerente e mais inteligente" para se acabar com as favelas. Tudo bem. Mas sem doação de terreno só se for com dinamite...

    Comentário(s)
  • O senhor deverá pôr a mão na consciência".

    Nélton Friederich, ontem à noite, dirigindo-se ao deputado Nélson Tureck, durante vígilia contra a venda da Copel, em Campo Mourão.  

    Comentário(s)
blz.com.br