Unicampo - Online
  • Esse aí da foto é o prefeito de Mamborê, Armando Alves de Souza (PPB). O que ele segura na mão é uma imagem de Nossa Senhora Aparecida. Aliás, é justamente essa imagem o motivo de toda a alegria estampada no sorriso do prefeito. Explica-se: a santa era o xodó de Souza durante o primeiro mandato dele (1992/96), com lugar destacado no gabinete. Este ano, ao reassumir a prefeitura, o prefeito não encontrou mais a santa. Ela havia sumido. Agora, misteriosamente, sem ninguém esperar, foi devolvida a Souza. Milagre! Milagre! Milagre!...

    Comentário(s)
  • Colegio Vila Militar

  • Anote aí na agenda: hoje, às 19 horas, tem sessão na Câmara com projeto interessante indo à votação. É que deve ser apreciada a proposta de dar o título de cidadania honorária aos secretários de Estado Fani Lerner e Lubomir Ficinski. E a gente pensando que era só o deputado Nélson Tureck (PFL) que defendia esse governo...
    Comentário(s)
  • Prever - Dúvidas

  • A votação de entrega de títulos honoríficos é feita de forma secreta. Para ser aprovada, a proposta precisa de 11 votos. Detalhe: o projeto tem 13 assinaturas. Como a gente sabe muito bem que na Câmara assinatura nem sempre vale alguma coisa, não há nada garantido. Muito pelo contrário. Quanto mais assinaturas, maior é a margem de dúvidas...

    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Só para relembrar: quando o projeto das homenagens foi apresentado, os 17 vereadores assinaram embaixo. Só que daí perceberam que a homenagem aos secretários era, indiretamente, uma aprovação ao governador. Assim, quatro assinaturas foram retiradas da proposta. Se arrependimento matasse...  

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • Os quatro vereadores que retiraram seus nomes dos projetos que homenageiam Fani Lerner e Lubomir Ficinski são: Edson Battilani (PPS), Sebastião Ribeiro (PT), Celso Hruschka e Gustavo Gurgel (PMDB). Os outros 13 mantiveram seus nomes nas homenagens. E depois falam que o governador está em baixa...

    Comentário(s)
  • Carlos Dubay

  • Hoje também vai à votação na Câmara o recurso que o vereador Sebastião Ribeiro (PT) entrou para tentar tramitar um projeto autorizando o serviço de moto-táxi em Campo Mourão. Só que assim como o projeto, o recurso de Ribeiro recebeu parecer contrário da Assessoria Jurídica. Ué, não é o PT que é o partido do contra?...

    Comentário(s)
  • Paraná Multas

  • Hoje tem posse na prefeitura de Campo Mourão. O advogado Cristiano Calixto assume, às 13h30, o cargo de secretário municipal de Fiscalização, Controle e Ouvidoria. Ele substitui o também advogado Roberto Ribeiro de Castro. Para quem não sabe, Calixto é do PV. Ih, lá se foi a independência da bancada na Câmara...

    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • O vereador professor Idê (PV) nega, no entanto, que a presença de Cristiano Calixto na equipe da prefeitura vá tirar a independência do partido no Legislativo. Idê lembra que o novo secretário não foi indicado pelo PV e sim escolhido pelo prefeito pela sua competência. Hummmm!...

    Comentário(s)
  • Marcio Nunes 2

  • Essa pouca gente sabe, mas no início do ano o PV foi convidado a indicar um nome para ser diretor de Meio Ambiente. O partido indicou um nome e ele foi recusado. Indicou outro e este também foi negado. Aí, quando viram que teriam que indicar quem o prefeito queria, caíram fora. Ser verde, tudo bem, mas usado, não...

    Comentário(s)
  • Terra FM

  • Por que o prefeito Tauillo Tezelli (PPS) não participou das negociações pelo funcionamento da nova rodoviária? Essa é a pergunta da enquete desta semana de BOCA SANTA. Ontem, no primeiro dia, 33% dos internautas responderam que Tezelli ficou ausente porque está em campanha para deputado. Se bem que se a campanha dele demorar para decolar como a rodoviária...

    Comentário(s)
  • A enquete da semana passada, que perguntou o que a gente deve fazer com os R$ 6 milhões que Nélson Tureck prometeu trazer à região com a venda da Copel, foi encerrada com o novo recorde de votantes. Resultado final: 53% disseram que o dinheiro deve ser gasto em churrascadas e cervejadas. Só 7% querem mais remédios nos postinhos. E se duvidar esses 7% querem mais Engov...

    Comentário(s)
  • Falando em Nélson Tureck, ele vai depor hoje, às 10 horas, na Corregedoria da Assembléia Legislativa no caso da denúncia da venda do voto que manteve a privatização da Copel. Tureck confirmou que vai depor porque também faz parte da Corregedoria, mas acha tudo isso uma bobagem. Realmente, vender a Copel parece ser uma baita bobagem...

    Comentário(s)
  • O coordenador geral de pepinos, Getulinho Ferrari (PPS), não quis iludir os funcionários do Cefet de Campo Mourão. Disse que a prefeitura garante o pagamento deles nos próximos 60 dias, mas deixou claro que não existe nenhuma garantia de que após esse prazo possa haver aumento de salários. Ih, ano que não tem eleição é fogo...

    Comentário(s)
  • Só para se ter uma idéia a que ponto chegou a situação dos funcionários administrativos do Cefet, vale ressaltar que alguns deles estão registrados com salários inferiores ao mínimo de R$ 180. Isso mesmo: tem servidor do Cefet com salário de R$ 160. Daí, a lei obriga, tem que haver um abono para atingir o valor do mínimo. Ah, então estão abonados...

    Comentário(s)
  • Falando em Cefet, a reunião realizada semana passada na prefeitura que decidiu o futuro da instituição em Campo Mourão não teve a presença de nenhum veículo de comunicação da cidade. Nenhum. O futuro do Cefet na cidade estava em jogo e só a "Folha do Paraná", que é de Londrina, se fez presente. Ah, esses coleguinhas!...

    Comentário(s)
  • O pessoal do Conselho Tutelar de Campo Mourão anda desanimado. Graças à contenção de despesas da prefeitura, o conselho não pode fazer ligação telefônica nem para Piquirivaí sem autorização da Secretaria de Administração e Fazenda. E diziam que era ruim quando a telefonia era um monopólio estatal...

    Comentário(s)
  • Esqueceram o supermercado Colúmbia".

    Juvenal Vieira (PTB), vereador e dono do Colúmbia, reclamando da indicação dos vereadores José Turozi e professor Idê, do PV, que pedia prioridade para atendimento de doadores de sangue nos supermercados Super Muffato, Daimaru e Paraná.

    Comentário(s)
blz.com.br