Unicampo - Pós 2021
  • Há quem chame de "velório" o tempo em que o tacho com o carneiro fica cozinhando no buraco durante a preparação do prato típico de Campo Mourão. É meio de mau gosto, mas chamam assim mesmo. A cena acima é a passeata que se faz no Parque de Exposição, com tochas, para se acender o fogo nos 120 buracos, no chamado ritual do fogo. Agora, olhe só no cantinho direito a cara do presidente da Câmara, Izael Skowronski (PPS), da miss Campo Mourão e do vereador Sidnei Jardim (PPS)! Pelo jeito eles levaram a sério esse negócio de velório. Pelo menos estão com cara de cortejo fúnebre...

    Comentário(s)
  • Colegio Vila Militar

  • A prefeitura de Campo Mourão montou ontem um verdadeiro cineminha no gabinete do prefeito Tauillo Tezelli (PPS) para a realização da primeira de uma série de cerca de 30 prestações de contas pela cidade. Tudo para a exibição de um vídeo. No lugar da pipoca, um saboroso café rural. Ah, com uma recepção dessas, até o deputado Nélson Tureck (PFL) se rendia...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Adivinhe quem faz a apresentação do vídeo de prestação de contas da prefeitura? A radialista Elisângela Gloor. Coincidentemente, foi ela também quem apresentou os programas de Tezelli na TV durante o horário eleitoral do ano passado. Por isso mesmo, tem provocação a Nélson Tureck no vídeo também. Ah, assim fica mais divertido...

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • O vídeo da prestação de contas do mandato 97/2000 tem uma coisa em comum com todos os outros vídeos produzidos pela prefeitura desde 1993. Ele começa lembrando que a prefeitura estava quebrada e que a situação do município estava um caos até o final de 92. As cenas já estão até gastas, de tanto que já foram passadas...

    Comentário(s)
  • Antônio José

  • Durante a prestação de contas de ontem, Tezelli disse que não entende porque o Imposto Territorial Rural (ITR) rende tão pouco: R$ 78,5 mil. Uma micharia perto do do IPTU, que gerou R$ 3,3 milhões ano no passado. É, tem gente que também não entende como é que o IPTU rende tanto...

    Comentário(s)
  • Educare - Horizontal

  • Como ontem foi a primeira prestação de contas, apareceram alguns errinhos nas transparências apresentadas pelo prefeito. Cerrado, por exemplo, foi escrito com S: "Serrado". Eventos virou "exentos". Estabelecimentos, saiu "estabilicimentos". Mas o pior foi o Centro Social Urbano. A sigla CSU virou CUS. E a gente lá dentro, sem poder dar risada...

    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • Outro errinho nas transparências foi misturar informações da Agência do Trabalhador (1.321 empregos gerados em 99 e 666 em 2000) com dados da secretaria de Saúde. A mesma transparência que falava dos empregos, trazia a estrutura de saúde do município. Vá ver que é para aliviar a dor de cabeça de quem não consegue arrumar um empreguinho...

    Comentário(s)
  • Marcio Nunes 2

  • Dados mostrados na prestação de contas da prefeitura dão conta que em 1999 houve 1.786 nascimentos em Campo Mourão. Em 2000, esse número caiu para 1.640. Já as mortes saltaram de 534 em 99 para 553 no ano passado. Ou seja: De um ano para outro nasceu menos e morreu mais gente. Depois ficam brabos com o IBGE quando o Censo revela que a população não vem crescendo...

    Comentário(s)
  • A população de Campo Mourão pode não estar crescendo, mas acredite se quiser: somente durante o ano passado o Posto de Saúde 24 Horas fez 78 mil atendimentos. É como se praticamente cada morador da cidade usasse o postão pelo menos uma vez por ano. Eta povo para gostar de adoecer!...

    Comentário(s)
  • A Secretaria Municipal de Saúde, aliás, está vivendo um dilema. De um lado, o Ministério Público não quer mais que a prefeitura compre remédios de farmácias sem licitação. Do outro, farmácias não querem vender para a prefeitura porque não sabem quando vão receber. E a gente ainda sonhando com aquela promessa da farmácia básica 24 horas...

    Comentário(s)
  • A diretora da secretaria, Rosemeire do Carmo Martelo, admitiu ontem que a prefeitura pode voltar a ter problemas com o MP. Segundo ela, o município está comprando remédios de uma única farmácia porque outras se recusam a fazer a venda diante da incerteza da data do pagamento. Ué, e cadê a tão propalada credibilidade da administração municipal? Tomou doril...

    Comentário(s)
  • Rosemeire do Carmo Martelo prevê ainda outro problema: a prefeitura licitou a compra de 307 medicamentos em 18 empresas, mas ficou sem conseguir cotar o preço de 88 itens. Isso mesmo: de 307 itens, 88 ficaram sem cotação. Culpa da alta do dólar. Portanto, se já estava faltando remédios, agora vai faltar mais. Bem, o jeito é apelar para aquele chazinho da vovó...

    Comentário(s)
  • Hoje é o último dia para se votar na enquete desta semana de BOCA SANTA. A questão é: O que você acha da pretensão do deputado Rubens Bueno (PPS) de disputar o governo do Estado? Até ontem, 41% dos internautas haviam respondido que só assim para Bueno perder uma eleição na vida. Vote, ainda dá tempo. Pelo menos já dá para ir ensaiando até outubro de 2002...

    Comentário(s)
  • Não foi só o vice-prefeito Getulinho Ferrari (PPS) que caiu durante a explosão no momento do acendimento do buraco número um da Festa do Carneiro no Buraco. Getulinho caiu sobre um monte de areia e o consultor do Sebrae, João Douglas Fabrício, despencou sobre um monte de lenha. Imagine a hora que eles souberem que a foto do tombo vai sair segunda-feira aqui na BOCA SANTA...

    Comentário(s)
  • O comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar, major Nélson João Casaroli, confirma: em Campo Mourão são furtadas de 50 a 55 bicicletas todos os meses. Ou seja: uma média de praticamente duas "magrelas" roubadas por dia. O duro é saber onde vão parar essas bicicletas todas. Até parece aquela história do guarda-chuva: todo mundo já perdeu um algum dia, mas achar...

    Comentário(s)
  • A PM também está fazedo uma campanha para tentar reduzir os arrombamentos de casas, carros e estabelecimentos comerciais (média de três por dia em Campo Mourão). Um panfleto distribuído pela polícia pede um bom relacionamento entre vizinhos e orienta que não se deixe entrar em casa pessoas que queriam "fazer pesquisas". É, deve ser por causa daquelas pesquisas que "roubam" R$ 200 dos contemplados...

    Comentário(s)
  • Não se trata de nenhum favor do Estado, mas tem deputado que fala isso por aí".

    Prefeito Tauillo Tezelli (PPS), ontem, durante prestação de contas, dizendo que os R$ 6,6 milhões de ICMS que o governo do Estado repassa para o município são apenas um quarto do que o imposto gera na cidade. É claro que ele também aproveitou para dar uma cutucadinha em Nélson Tureck (PFL)...

    Comentário(s)
blz.com.br