Prever Novo
  • Malakoski nega, mas há quem jure que ele quando vai a Curitiba fica hospedado num albergue mantido por um deputado assistencialista só para não gastar com hotel. Isso sem contar que nos finais de semana Malakoski vira motorista de ônibus e de caminhões da prefeitura, só para não pagar hora extra. E se duvidar, ele atravessa o rio Piquiri a nado com um Sonrisal inteiro na mão...  
    Comentário(s)
  • Unicampo - Solidário

  • O prefeito de Ubiratã, Arnaldo Sucupira (PMDB), faz questão de dizer que o colega de Juranda, Militino Malakoski (PFL), é o prefeito mais pão-duro da região. Segundo Sucupira, Malakoski só vai à Curitiba de carona no carro do prefeito de Ubiratã e ainda obriga o colega ubiratanense a voltar dirigindo durante a noite para ele não perder o dia seguinte de trabalho. Eu, hein?...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Morador do jardim Copacabana ligou ontem para o programa "Caso de Polícia", da TV Carajás, para dizer que está esperando há dois uma autorização da Secretaria Municipal de Saúde para fazer uma ressonância magnética. Dois anos? Ah, os torcedores do Santos esperam por um título há 17 anos e não ficam ligando no rádio nem na TV para reclamar...

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • O dono da funerária Sesf, aliás, esclarece: uma pessoa de qualquer cidade da região que morra em algum hospital de Campo Mourão, pode sim, ser enterrada pela funerária do município dela. O que não pode é uma funerária de fora querer vender caixão para quem é de Campo Mourão. Engraçado, votar em candidato de fora a gente pode...

    Comentário(s)
  • Carlos Dubay

  • Ao participar quinta-feira da acareação da CPI dos serviços funerários, o dono da funerária Sesf, Ademir Sobral de Jesus, reclamou que não morria ninguém em Campo Mourão desde segunda-feira. Foi só ele reclamar e já tinham morrido três até ontem à tarde. Isso sim é que é "boca santa"...

    Comentário(s)
  • Farol - Covid - novo

  • O 11º Batalhão da Polícia Militar de Campo Mourão está ganhando um reforço extra. Os 14 policiais que estavam afastados devido ao envolvimento na morte de um menor que matou um PM, em 1990, ganharam na Justiça o direito de continuar na corporação. Nada, nada, é um aumento de 10% no efetivo. E é bom pensar duas vezes antes de sair matando PMs por aí...

    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • O vereador Sidnei Jardim (PPS) esclarece: quem pediu o parecer do Ibam para o projeto do fim do voto secreto foi a assessoria jurídica da Câmara e não a Comissão de Legislação e Redação, que é presidida por ele. Ah, então é com o advogado Marco Aurélio Piacentini que Edson Battilani (PPS) está brabo...

    Comentário(s)
  • Hemonúcleo - Agendadamento

  • Essa história de presença nas sessões é sempre um dilema para os deputados. Se comparece a todas as sessões, é acusado de esquecer do povo depois que se elege. Se fica visitando as bases, é acusado de não estar trabalhando. Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come. E olha que no caso de Tureck, o que tem de bicho atrás da vaguinha dele em Campo Mourão...

    Comentário(s)
  • Marcio Nunes 2

  • A TV Carajás ganhou um anúncio inesperado. O comercial veio de Joinville (SC) e fala da inauguração da luxuosa Central Funerária de lá. O anúncio foi pago pela funerária Sesf, de Campo Mourão, que também atua em Joinville e que ajudou na construção da central. Foi só para humilhar nossa centralzinha...

    Comentário(s)
  • Terra FM

  • Como o prefeito Tauillo Tezelli (PPS) não se dá bem com Tureck, ele tem que buscar apoio de deputados de outras regiões quando precisa. Para conseguir as três novas creches que serão construídas na cidade, por exemplo, Tezelli foi se socorrer com um deputado estadual de Cascavel. Mas a gente não vai precisar votar em cascavelense nas eleições do ano que vem, vai?...

    Comentário(s)
  • Ontem, no mesmo programa, Tureck disse que a prefeitura de Campo Mourão deveria se preocupar com os professores municipais e não com os estaduais. Segundo ele, os professores municipais de Campo Mourão ganham menos do que os professores de Luiziana e Mamborê. Olha aí, devem estar pensando que ainda vai ter segundo turno em Campo Mourão...

    Comentário(s)
  • A assessoria do deputado estadual Nélson Tureck (PFL) distribuiu ontem à tarde uma certidão da Assembléia Legislativa dizendo que das 17 reuniões ordinárias realizadas em maio, o deputado de Campo Mourão só faltou a uma e, mesmo assim, apresentou justificativa. Ah, então bem que o povo fez em não votar nele para prefeito...

    Comentário(s)
  • Tureck e Tezelli não vêm se dando lá muito bem, mas BOCA SANTA tem esperança que eles voltem a ser companheiros. Nossa atual enquete, cuja votação se encerra hoje à noite, dá seis sugestões para tentar uma reproximação entre eles. Até ontem, liderava a alternativa de uma conciliação no Ratinho (40%). É, pelo menos lá tem café no bule...

    Comentário(s)
  • Na quinta-feira, o vice-prefeito Getúlio Ferrari Júnior (PPS), participou do programa "Caso de Polícia", da TV Carajás, e criticou o deputado Nélson Tureck pelas faltas e por ele ter votado favorável ao fim do regime estatutário dos professores estaduais, além das velhas outras críticas de sempre. Ué, voltou o horário eleitoral e não avisaram a gente?...

    Comentário(s)
  • Tureck pediu a certidão depois que seu nome apareceu numa lista publicada pela imprensa estadual como tendo faltado a 40% das reuniões de maio. E tudo sem justificativa. A certidão distribuída ontem só não diz nada sobre as oito reuniões extraordinárias realizadas no mês passado. Hummmmm...

    Comentário(s)
blz.com.br