Prever - Novo
  • Essas casinhas que você está vendo aí são um portal criado pelo governo do Estado. Elas ficam perto do distrito de Bourbônia, às margens da estrada que liga Barbosa Ferraz a Luiziana. A idéia era usar os portais como ponto de venda do que fosse produzido nas vilas rurais de Barbosa Ferraz, Corumbataí do Sul e Luiziana. Mas como de boas intenções o inferno está cheio, o tal portal nunca funcionou. Nunca. Hoje está em estado de abandono. Está depredado mesmo. E se duvidar, ainda vão colocar a culpa dos vileiros...

    Comentário(s)
  • Unicampo - vestibular novo

  • Se você é uma daquelas pessoas que ligou para Copel pedindo para que ela suspendesse a taxa de iluminação pública, cuidado. A prefeitura de Campo Mourão não descarta a possibilidade de cobrar todos os atrasados sob a alegação que existe uma lei municipal autorizando a cobrança. Ai-aiai-aiai! Bem que já disseram que alegria de pobre dura pouco...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Segundo o secretário municipal da Fazenda, Beto Pequito, a arrecadação mensal com a taxa de iluminação pública, que era de R$ 130 mil, caiu para cerca de R$ 90 mil. Com isso, o município já não tem recursos para novos investimentos. Mal dá para manter o sistema. Ih, nesse rítimo, o último a sair nem precisará desligar a luz. Ela já estará apagada...

    Comentário(s)
  • Expojur 2019

  • Quem está dando a maior força para a prefeitura cobrar a taxa de iluminação de quem pediu a suspensão da cobrança é o presidente da Câmara, Izael Skowronski (PPS). Ele disse que a isenção não é justa com quem continua pagando a taxa. Izael pode ter lá suas razões, mas ele não falaria isso no meio de uma acirrada campanha eleitoral, falaria?...

    Comentário(s)
  • Farol - Festa do Agricutor

  • Izael, aliás, aproveitou a presença do prefeito Tauillo Tezelli (PPS) e boa parte de seu secretariado na Câmara para fazer uma cobrança. Ele quer que haja fiscalização na zona rural. Segundo o presidente da Câmara, tem agricultor que ajuda a destruir as estradas rurais e precisa ser multado. Ih, pelo visto Izael estava com raiva do povo nesse dia...

    Comentário(s)
  • Poupar e Ganhar - Sicredi

  • Sobre os problemas na zona rural, Tezelli assumiu sua "mea culpa". Disse que a prefeitura renovou muito pouco a frota nos últimos dias. Resultado: o município tem só quatro motoniveladoras, incluindo as duas da Codusa. Pior: segundo o próprio prefeito, elas vivem mais quebradas do que trabalhando. É, quem não tem cão, caça com gato. Nem que seja meio rabujentinho...  

    Comentário(s)
  • ACMF

  • Tezelli admitiu sua "mea culpa" ainda na falta de abrigos para a frota de veículos da prefeitura. Os carros ficam todos na chuva e no sol. O prefeito disse que a prefeitura mudou o velho almoxarifado para a Codusa sem fazer nenhum investimento. A desculpa é que a administração atende a comunidade e esquece de si própria. É, depois a comunidade paga outros carros...

    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • Nem só garagem falta na prefeitura de Campo Mourão quando o assunto é investimento interno. A Secretaria da Saúde necessita de reforma urgente, mas o município acha dificuldades em conseguir R$ 100 mil para as obras. Cem mil reais? Ih, não vamos nem falar pra suspender a propaganda oficial por três meses para não dizerem que a gente pega muito no pé...

    Comentário(s)
  • TV Carajás

  • Falando em saúde, a secretária municipal da pasta, Nilma Ladeia de Carvalho Dias, disse que a implantação do Cartão SUS (lembra dele?) só está dependendo agora do envio dos cartões. Só? O problema é que quando os cartões chegarem, aquele cadastramento feito há mais de dois anos já não vale mais nada. Ah, talvez para o Museu, pra gente lembrar como era a cidade em 1999...

    Comentário(s)
  • AML - Concuso

  • Quem também confessou "mea culpa" durante a audiência pública de sexta-feira foi o secretário da Fazenda, Beto Pequito. Ele admitiu que as filas de contribuintes na prefeitura estão grandes demais e já estão sendo estudadas formas de dar uma amenizada nisso. É só deixarem pagar IPTU nos postos de saúde. Ué, não tem aquelas placas que dizem "seu imposto está aqui"?...

    Comentário(s)
  • Terra FM

  • Uma das medidas adotadas pela prefeitura de Campo Mourão proíbe a ligação para telefones celulares. A partir de agora, isso só pode ocorrer com autorização do chefe. Motivo: na última conta, a prefeitura pagou R$ 2,5 mil de ligações para celulares e R$ 1,8 mil de interurbanos. Ah, saudade do tempo em que a gente já se aliviava se não tivesse ligação para o tele-sexo...

    Comentário(s)
  • Marcio Nunes 2

  • Bonitas as apresentações do Comboio Cultural, sábado, no centro de Campo Mourão. Só faltou público. No sábado à tarde, pouca gente acompanhava as apresentações em praça pública. Nem as escolas levaram estudantes ao local. O único pessoal uniformizado presente era de Engenheiro Beltrão. Hummm, que vergonha...

    Comentário(s)
  • As apresentações do Comboio Cultural em Campo Mourão mataram saudades de muita gente. Não das apresentações artísticas, mas do tempo em que a Festa das Nações (lembra disso?) e a Quermesse de São José aconteciam nas praças centrais da cidade. Hoje mandaram os eventos para longe. E depois ainda reclamam quando as prostitutas invadem a praça...

    Comentário(s)
  • O prédio do Banestado de Campo Mourão deve ser implodido com o governador e os deputados dentro. Essa foi a alternativa vitoriosa da enquete de BOCA SANTA encerrada no sábado. Teve 56% dos votos. Uma lavada. Para 19%, o prédio daria um bom armazém de soja para a Coamo. Já 12% acharam o local ideal para o Banco do Povo prometido em campanha. Mas será que querem uma implosão tradicional ou ao estilo Bin Laden?...

    Comentário(s)
  • Esta semana, BOCA SANTA quer saber qual foi a sua reação ao saber que a prefeitura de Campo Mourão vem gastando R$ 1 mil por dia em propaganda. Ontem, no primeiro dia, 40% responderam que chegaram à conclusão que seu IPTU não dá nem pro cheiro. Mas há outras alternativas. Vote. Tá certo que propaganda é a alma do negócio, mas com o dinheiro do gente?...

    Comentário(s)
  • Por falar em IPTU, a quem interessar possa: de janeiro a agosto, a prefeitura de Campo Mourão arrecadou R$ 2,89 milhões como Imposto Predial e Territorial Urbano. É mais ou menos 58% dos cerca de R$ 5 milhões lançados no início do ano. Como o ano ainda tem três meses, a expectativa é que se mantenha a média de 35% de inadimplência. Eta povo caloteiro, sô!...

    Comentário(s)
  • ...

    Comentário(s)
  • Diante das dificuldades, é um alívio que a gente esteja nesta situação".

    Beto Pequito, secretário municipal da Fazenda, durante audiência pública na Câmara de Vereadores, ao revelar que o equilíbrio nas contas do município é "precário".

    Comentário(s)
blz.com.br