Prever - Floriprev
  • No centro de Campo Mourão, moto estaciona sobre vaga reservada para deficientes físicos.

    Foto enviada por interauta. Envie a sua também.

    E-mail: sidsauer@uol.com.br
    Whats App: (44) 9 9969-7037
    Facebook: www.facebook.com/BocasantaCM

    Comentário(s)
  • Unicampo - Pós - Nova

  • Outro dia tinha um recado na porta da agência local do Ministério do Trabalho que o órgão estava fechado porque a única servidora estava de férias. Agora tem um novo recadinho por lá. A Carteira de Trabalho não está sendo emitida por falta de tôner na impressora. Sem tinta não dá para imprimir o documento. Ah, governo que governa para o mercado financeiro ao invés do povo dá nisso...

    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Com relação ao problema de água suja em algumas residências no jardim Albuquerque, em Campo Mourão, na última terça-feira, a Sanepar informa que:

    Como começou - Ocorreu o rompimento de uma adutora (rede de grande porte) por retroescavadeira particular. Um morador da rua João Batista Perdoncini contratou uma empresa para retirada de uma árvore, em frente ao seu imóvel. O operador da retroescavadeira, ao tentar arrancar as raízes da árvore provocou o rompimento da tubulação de água, que abastece o bairro.

    O que foi feito - Com o rompimento da rede uma quantidade de terra foi absorvida. Imediatamente após ser acionada, a equipe da Sanepar fechou os registros de manobras, efetuou o conserto e realizou a limpeza de rede, em pontos do bairro.

    Faltou avisar - Em situações como essa, a empresa contratada, bem como o morador deve informar a Sanepar que vai executar o serviço no passeio. Quando há o agendamento prévio, a Sanepar faz a interrupção temporária do abastecimento até a conclusão do serviço. Nesse caso, a Companhia só foi acionada após o rompimento da rede.

    Onde reclamar - A Sanepar reafirma seu compromisso com a qualidade dos serviços que presta à população de Campo Mourão. O cliente que ainda perceber resquícios de água suja nas instalações hidráulicas de seu imóvel deve procurar o atendimento pelo telefone 0800 200 0115 ou nas centrais de atendimento da Sanepar.


    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • O prefeito Tauillo Tezelli e o vereador Edoel Rocha aproveitaram o evento de aniversário da Polícia Militar, na manhã desta quinta-feira, para colocar a conversa em dia. Do que eles tanto falaram? Ah, levando-se em contas que ambos são palmeirenses, deve ter sido sobre a eliminação do Palmeiras diante do Barcelona (do Equador!), pela Libertadores...


    Comentário(s)
  • Márcio Nunes

  • Teve solenidade no 11.o BPM, nesta quinta-feira, para comemorar os 163 anos da Polícia Militar do Paraná. Durante o evento, 27 policiais foram homenageados. Os prefeitos Tauillo Tezelli (Campo Mourão) e Leandro da Farmácia (Araruna) participaram.

    Dois em um - O comandante do batalhão, major Júlio César da Rosa, segue respondendo como subcomandante da unidade. Ele assumiu o comando, mas não houve nomeação de ninguém para o subcomando. Estão no páreo os majores Cleverson e Milton. Por enquanto, cabe a Júlio César bater o escanteio e correr pra cabecear...

    Cadê os amigos? - O ex-vereador Joani Teixeira participou do evento no 11.o BPM. Pudera. Ele tem o título de "Amigo da Polícia Militar". Aliás, Joani deu uma cutucada. Disse que estranha as ausências de outras pessoas que receberam a mesma homenagem. "Os amigos da PM devem prestigiar as solenidades da PM", frisou o professor.


    Comentário(s)
  • Farol - Dengue

  • Por 5 votos a 4, a Câmara de Farol reprovou o projeto de reforma administrativa proposto pela prefeitura.

    Detalhe: a proposta extinguia 60 cargos em comissão da prefeitura.

    "É difícil acreditar que um projeto que reduz despesas tenha sido reprovado", lamentou a prefeita Angela Kraus.

    Hoje a estrututura da prefeitura tem 111 cargos em comissão (nem todos ocupados) e pela proposta ficaram apenas 51.

    Se todos os atuais CC"s forem nomeados o custo é de R$ 267,8 mil, valor que cairia para R$ 120 mil na proposta rejeitada.


    Comentário(s)
  • Terra FM

  • Teve presença do prefeito Tauillo Tezelli e tudo, nesta quinta-feira, na abertura da 37ª Feira Ponta de Estoque de Campo Mourão. O secretário Carlos Alberto Facco (Desenvolvimento Econômico) também participou. Bem diferente da edição anterior, quando a prefeitura negou alvará.

    A feira acontece no Celebra até sábado, das 9h às 22h. Cerca de 40 lojas estão participando, com descontos de até 70%. É a mesma feira que durante muitos anos foi realizada no shopping Mourão. "Eventos como esse esse ajudam a irrigar a economia", frisou Facco.


    Comentário(s)
  • BBQ Food Truck

  • Engenheiro Beltrão - A empresa Pérola Negra Confecções, de Cianorte, vai instalar unidade em Engenheiro Beltrão com a geração inicial de 100 empregos diretos, que dobram ano que vem. A empresáira Roseni Silva anunciou o investimento ao prefeito Rogério Rigueti.

    Iretama - A Câmara aprovou e o prefeito Wilson Bratac sancionou a lei que autoriza a prefeitura a repassar R$ 21 mil para a Apae pagar serviços de psicologia e fonoaudiologia. Também permite o repasse mensal de R$ 1.700 para manutenção da entidade.

    Corumbataí do Sul - A Cavalgada de São Pedro agora faz parte do calendário oficial do município. Lei nesse sentido foi sancionada pelo prefeito Carlos Caxão. O evento será sempre no domingo posterior ao dia 29 de junho, que é a data do padroeiro de Corumbataí.


    Comentário(s)
  • Sicredi - Poupança Premiada

  • Morador de Goioerê entregou à Polícia Militar tornozeleira eletrônica que um amigo esqueceu carregando em sua casa.

    O equipamento é usado por presos do regime semiaberto e tem bateria, igual celular, carregada na energia elétrica.

    O homem disse que o amigo deixou a tornozeleira no domingo e não voltou mais para buscá-la.

    O usuário do equipamento, que permite a localização, se chama Elvis e agora é considerado foragido da justiça.

    Portanto, Elvis não morreu, mas tá encrencado...


    Comentário(s)
  • Goioerê completa 62 anos de emancipação nesta quinta-feira.

    A comemoração será com a abertura da 30ª Expogoio.

    A atração do primeiro dia é a cantora Nayara Azevedo (aquela, dos "50 reais"!).

    O acesso ao Parque de Exposições é de graça, mas para ver o show na arena de rodeio haverá cobrança de ingresso.

    A Expogoio segue até segunda-feira, quando terá o único show gratuito, com Marcos & Belutti, contratados pela prefeitura.
    .

    Confira a programação
    Quinta, 10: Nayara Azevedo
    Sexta, 11: Matogrosso & Mathia
    Sábado, 12 : Léo & Rafael
    Domingo, 13: Final do rodeio com Marco Brasil
    Segunda, 14: Marcos & Belutti
    .


    Comentário(s)
  • O aniversário de Goioerê é nesta quinta-fiera, dia 10 de agosto, mas o feriado será na próxima segunda-feira, dia 14. A mudança está prevista em lei municipal já há alguns anos. Sempre que o aniversário cai no meio de semana vai para a segundona seguinte. Projeto idêntico pode ser adotado em Campo Mourão. A proposta da prefeitura já está em tramitação na Câmara.

    Foto: www.portalgoioere.com.br  


    Comentário(s)
  • A presidente Angela Kraus (Farol) e o vice-presidente da Comcam, Edenilson Miliossi (Barbosa Ferraz) foram nesta quarta-feira a Juranda, onde se reuniram com a prefeita Leila Amadei. Motivo da visita? Convencer a anfitriã a manter o município filiado à associação. Isso depois que Leila pediu a desfiliação da prefeitura jurandense.

    Dia do fico - Angela e Miliossi falaram dos trabalhos que vêm sendo desenvolvidos pela Comcam. E não é que deu certo?  Leila se comprometeu a permanecer e voltar a participar das atividades da entidade. "O fortalecimento da Comcam depende da união dos prefeitos", comemorou Angela, que já tinha ido a Juranda há dois meses tratar do assunto.


    Comentário(s)
  • O Tribunal Superior do Trabalho condenou empresa de Campo Mourão que colocou motorista em "lista suja".

    Pela decisão, a Employer terá de pagar indenização de R$ 3 mil por danos morais.

    Segundo o tribunal, a lista incluia trabalhadores que tinham entrado em ações contra empresas com o objetivo de intimidação.

    A empresa tinha sido absolvida na Justiça do Trabalho de Campo Mourão,  o que foi revisto no TRT e mantido pelo TST.

    A Employer alegou que a lista era para controle interno e que a divulgação, por terceiros, ocorreu de forma criminosa. 
    .

    O que foi dito

    “A existência da lista e a consequente restrição ao acesso ao emprego, única fonte de sustento da grande maiores dos trabalhadores, funciona como fator de intimidação, pressionando-os a não buscar fazer valer os direitos a que entendem fazer jus por meio do Poder Judiciário”.

    Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR), em despacho que condenou empresa a indenizar trabalhador incluído em "lista suja".


    Comentário(s)
blz.com.br