Prever - Floriprev
  • Para mostrar que não está brincando, Sidnei Jardim enviou ontem carta ao diretório municipal do PPS comunicando que pretende se afastar do partido. Ele já até marcou um horário com o deputado Rubens Bueno (PPS) para falar a respeito. Mas não vai precisar ouvir parecer do Ibam, vai?...
    Comentário(s)
  • Unicampo - Pós - Nova

  • Virou ontem a enquete desta semana de BOCA SANTA. O vereador Sidnei Jardim deve ou não sair do PPS? No primeiro dia, os internautas disseram que Jardim deveria parar de fazer "charminho". Ontem passou a liderar a alternativa que sugere ao vereador que vá a outro PPS - Partido do Poderoso Sidnei, com 26% dos votos. O fim do charminho está com 24%. Isso sim é que é um vereador com charme e poder, hein?...
    Comentário(s)
  • Farol - Dengue

  • O deputado federal padre Roque (PT) esteve domingo em Campo Mourão para lançar sua pré-candidatura ao governo do Estado. Mas acabou tendo que dar explicações sobre a filiação do "quase" vice-prefeito de Curiiba, José Maurino (ex-PPS). O problema é que Maurino morou muitos anos em Campo Mourão e tem petista da cidade que não gostou de sua adesão ao PT. Ah, nada que uma barbinha não possa resolver...

    Comentário(s)
  • Diogo Portugal

  • Por enquanto, a redução de 20% dos contribuintes com a taxa de iluminação pública não inviabilizou o serviço. O que a prefeitura está recebendo ainda dá para pagar a Copel. Só não dá mais para fazer investimentos. Se quando todo mundo pagava não dava nem para podar os galhos das árvores que ficam tapando a luz dos postes, imagine agora...

    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Não é só o vereador Edson Battilani (PPS) que anda revoltado em ficar na dependência de um parecer do Ibam. Edoel Rocha (PSDB) também está nessa. O projeto que pede a redução de 30% do IPTU está a espera de um parecer do tal Instituto Brasileiro de Administração Municipal. Só falta dizerem que o projeto do pólo de alimentos depende do Ibam também...

    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • Palavra do prefeito: se uma legislação federal não definir logo como cobrar pela iluminação pública, a prefeitura terá que apagar a luz dos postes. O povo não paga, a prefeitura apaga. Por enquanto, cerca de 20% dos mourãoenses mandaram suspender a cobrança da taxa. Mas, então, não dá para apagar a luz só desses 20% aí?...

    Comentário(s)
  • Márcio Nunes

  • O prefeito Tauillo Tezelli lembrou ontem que o valor cobrado pelo IPTU não paga as despesas que a prefeitura tem nos bairros da cidade. Na região central do Lar Paraná, por exemplo, o IPTU lançado somava R$ 250 mil, mas só R$ 150 mil foram pagos (praticamente o que o município gasta por mês só com o Posto 24 Horas). Imagine se não faltasse remédio, hein?...

    Comentário(s)
  • Sicredi - RÚSSIA

  • O drama da prefeitura é o seguinte: se falar que o Refiscam eliminou todos os juros, cria-se uma revolta em quem pagou em dia. Se falar que a correção monetária está mantida, desanima os devedores. Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come...

    Comentário(s)
  • Terra FM

  • Se você está devendo para a prefeitura e se interessou pelos descontinhos do Refiscam, é bom não perder tempo. A lei só vale por 90 dias. Depois, se quiser, a prefeitura pode prorrogá-la por mais 90 dias. Se quiser! Se bem que do jeito que anda o despero por dinheiro, pode contar com 180 dias...

    Comentário(s)
  • Ficou curioso? BOCA SANTA mata a curiosidade. Dos R$ 15 milhões que os contribuintes devem à prefeitura, são cerca de R$ 8 milhões de IPTU, R$ 6 milhões de asfalto e o restante de taxas. Ao todo, são aproximadamente 8 mil pessoas em débito (1 em cada 10 moradores da cidade). Eta povo caloteiro!...

    Comentário(s)
  • O secretário municipal de Administração e Fazenda, Carlos Alberto Pequito, esclarece: o Refiscam perdoa as multas e parte dos juros, mas mantém as custas judiciais de quem já está no fórum e, principalmente, mantém a correção monetária. Ih, então pode guardar os foguetes. Vai que o Brasil se classifica para a Copa do Mundo...

    Comentário(s)
  • A prefeitura de Campo Mourão realizou ontem de manhã o lançamento oficial do Refiscam (aquele programa que permite o reparcelamento de dívidas com o município em até 120 meses). Engraçado que o prefeito Tauillo Tezelli (PPS) só assinou o decreto ontem, mas ele já estava publicado desde sexta-feira no "Órgão Oficial". Mas nem a assinatura do prefeito estão respeitando?...

    Comentário(s)
  • Só para se ter uma idéia: a prefeitura tem hoje cerca de R$ 15 milhões para receber de débitos em atraso. Com as isenções do Refiscam, esse montante cai para uns R$ 10 milhões. E o prefeito Tauillo Tezelli (PPS) já afirmou ontem: se receber "uns 20% já estará bom". É, com R$ 2 milhões em caixa quem sabe dá até para reativar os sanitários da praça Getúlio Vargas...

    Comentário(s)
  • Só para exemplificar essa história: uma dívida vencida em 1995, mesmo com o Refiscam, tem uma correção de cerca de 70%. Ou seja: se o IPTU lançado em 95 é de R$ 100, agora terá que ser pago R$ 170. E isso porque a multa foi tirada. Daí, acrescenta-se mais a metade dos juros normais e as custas judiciais. E você pensando em não pagar mais nada em dia...

    Comentário(s)
  • Volta e meia aparece gente acusando algum vereador de não estar fazendo a função de membro do legislativo. Fazer assistência social, por exemplo, não é função de vereador. Ontem, porém, o vereador Celso Hruschka (PMDB) fez algo inédito: encontrou o corpo de um rapaz assassinado na zona rural. Ah, depois da CPI das funerárias isso é fichinha...

    Comentário(s)
blz.com.br