Prever - Floriprev
  • A primeira Sexta-Feira Santa do século 21 tinha que cair justo numa sexta-feira 13?...
    Comentário(s)
  • Unicampo - vestibular novo

  • A Fundacam também está atrás de artistas circenses. É para montar uma espécie de circo da entidade. Só uma dúvida: a gente que acreditou naquela promessa às vésperas da eleição de que nos próximos dias seriam iniciadas as obras de um grande supermercado em Campo Mourão e, agora, está com uma cara de palhaço, pode se inscrever?...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • A prefeita de Barbosa Ferraz, Elza Marques Gonçalves (PFL), distrituiu esta semana aos professores municipais R$ 45 mil que sobraram dos recursos do Fundef do ano passado. Deu mais ou menos R$ 600 para cada professor. Viu, pensa que é só a Coamo que distriui sobras, é?...

    Comentário(s)
  • Sicredi - Eu poupo sim

  • A Fundação Cultural de Campo Mourão está com um projeto visando dar um uso mais intenso à concha acústica existente no Parque do Lago (aquela que tem palco sobre a água!). Muito bem. A gente só fica fazendo figa para que a Fundacam não esteja pensando em terceirizar o uso da concha. É que terceirização lembra nova rodoviária e já dá um frio na espinha...

    Comentário(s)
  • Michel Teló

  • Se dependesse de alguns vereadores de Campo Mourão, incluindo membros da situação, o primeiro ato do prefeto Tauillo Tezelli seria extinguir o Governo Interativo. É que tem "nobre edil" achando que o programa resolve os "filé" dos problemas da população, deixando para os vereadores apenas os "bagaço", como pagar conta de luz, de água, arrumar remédio que não tem nos postinhos...

    Comentário(s)
  • Colmeia FM

  • O vereador Walter Zamoro (PPS) não entra nessa briga. Ele gosta mais é de ficar calado durante as sessões. Tão calado que, outro dia desses, o fotógrafo Nélson Cerqueira teve dificuldades em fazer um foto de Zamoro. Cerqueira queria mostrar os vereadores discursando. Zamoro foi até de terno e gravata para ficar bonito na foto, mas como não falava nada, não era fotografado. No final da sessão, Cerqueira deu um jeitinho. Pediu que o vereador fingisse que estava falando e "clic"! Ah, essa timidez...

    Comentário(s)
  • Farol - Outubro Rosa

  • Está estranho o comportamento da bancada do PPS em Campo Mourão. Numa das últimas sessões, houve bate-boca entre Izael Skowronski e Edson Battilani e entre Sidnei Jardim e Battilani. Mais: quando Izael foi acusado de ditador pelo PV, recebeu mais apoio de Edoel Rocha (PSDB) e Celso Hruschka (PMDB), do que dos companheiros do PPS. Será que isso acontece só porque o trio Izael-Battilani-Sidnei está de olho na mesma vaguinha das eleições de 2002?...

    Comentário(s)
  • Terra FM

  • Antes do patrocínio, Izael tentou fazer um "rachide" entre os vereadores. Se cada um desse todo mês R$ 100,00 do salário, eles teriam os R$ 1,7 mil pedidos por uma emissora da cidade para fazer as transmissões. O problema é que apenas Izael, José Turozi (PV), professor Idê (PV), Celso Hruschka (PMDB) e Sebastião Ribeiro (PT) aceitaram a proposta. Ah, mas com quinhentão já dá para transmitir a sessão até a leitura bíblica, não dá?...

    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • O secretário municipal da Saúde, José Haito Doi, com a experiência de quem tem dois mandatos como vereador em Campo Mourão, deve ter percebido que há algo de esquisito na bancada situacionista. Ao participar de uma sessão especial sobre a saúde, Doi recebeu as perguntas mais constrangedoras justo da bancada do prefeito. Como diria a "Tramóia", foi um "tapinha no Doi"...

    Comentário(s)
  • O presidente da Câmara de Vereadores, Izael Skowronski (PPS), está atrás de patrocinadores para que as sessões da Câmara sejam transmitidas por alguma emissora de rádio da cidade. Para quem não sabe, essa foi uma das promessas que Izael fez na campanha pela presidência do legislativo. Se bem que do jeito que tem vereador que gosta de viajar, quem sabe não dá para arrumar um patrocínio de uma agência de turismo...

    Comentário(s)
  • O prefeito de Engenheiro Beltrão, Euclides Saqueti (PPS), está uma arara com a Telepar. Pudera. A empresa cortou as linhas da prefeitura. Saqueti se irritou porque vem pagando a conta em dia desde que assumiu. Dívida, segundo ele, só os seis meses não pagos pelo prefeito anterior (R$ 38,95 mil). O novo prefeito se revolta porque quando a prefeitura não pagava a conta, o telefone não era cortado. É, na política é assim: casou com a viúva, tem que assumir os filhos...

    Comentário(s)
  • A definição do reajuste do funcionalismo municipal ainda não saiu, mas a prefeitura já oficializou o aumento no valor da cesta básica distribuída aos funcionários com menores salários. De R$ 25,00, a cesta "saltou" para R$ 26,00. Tá achando pouco? Dá para comprar três paçoquinhas, três doces de abóbora em forma de coração e três suspiros cor-de-rosa e ainda sobra R$ 0,10 para iniciar um regime depois de tanto doce...

    Comentário(s)
  • Os servidores municipais de Campo Mourão podem ir se preparando. Pelo andar da carruagem, a prefeitura vai propor um reajuste diferenciado para a categoria. Ou seja: reposição salarial maior para uns e menor para outros. A proposta que está em estudos prevê um reajuste maior para os menores salários e vice-versa. Nesse ritmo, um dia todo mundo ganha a mesma coisa. Ué, qual é a surpresa se dizem que o prefeito é "comunista"?...

    Comentário(s)
blz.com.br