Prever - Novo
  • Sim. É o que diz relatório da Agência Nacional de Águas, divulgado em novembro. É o último documento a respeito, com base em dados de 2017. No Paraná são 450 barragens, sendo que 11 foram classificadas como de "alto risco". Uma delas é mourãoense e fica na indústria Cristo Rei, na região do Barreiro das Frutas.

    Veja na íntegra

    https://www.bemparana.com.br/noticia/parana-tem-450-barragens-e-pelo-menos-11-apresentam-alto-risco

    Comentário(s)
  • Unicampo - Qualidade

  • A prefeitura de Farol terá de pagar R$ 380 mil para servidora que foi demitida pela gestão anterior.

    A ação tramitava desde 2009 e a justiça considerou a demissão irregular.

    A dívida será parcelada a partir de fevereiro.

    A prefeita licenciada Angela Kraus não citou nomes, mas aproveitou para alfinetar a ex-prefeita Dina Cardoso.

    "Se não fossem dívidas com essa, hoje teríamos recursos para mais obras e ações em benefício da população", frisou.

    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Vereador Edson Battilani, agropecuarista Cézar Bronzel, deputado Douglas Fabrício e vereadores Tucano e Edilson Martins. Todos de olho em seus celulares. A foto menor, com close nas mãos de Douglas, não deixa dúvidas: todos ligados na Boca Santa.

    Reforma na Ciretran

    A foto é desta terça-feira, quando o grupo foi conferir as reformas na 8.a Ciretran, em Campo Mourão. O investimento é de R$ 374 mil. O Detran liberou o dinheiro após pedido de Douglas que, por sua vez, seguiu pedido de Edilson e Tucano em requerimento aprovado pela Câmara. Em tempo: o vereador Jadir Pepita não aparece na foto, mas também visitou o local.


    Comentário(s)
  • Sicredi

  • A prefeitura conseguiu substituir todas as cinco médicas de Cuba que atuavam em Campo Mourão.

    A última substituição aconteceu este mês.

    Na primeira chamada, em dezembro, quatro brasileiros já tinham ocupado as vagas deixadas pelas cubanas.

    As profissionais de Cuba deixaram Campo Mourão em novembro.

    O governo cubano saiu do "Mais Médicos" devido a críticas feitas ainda na campanha pelo presidente Jair Bolsonaro.


    Comentário(s)
  • Concurso de Fotos

  • Que tal criar um consórcio entre as cidades da comarca de Goioerê para ajudar a Aldeia SOS?

    O assunto foi tema de reunião entre quatro prefeitos, nesta segunda-feira.

    A entidade, que fica em Goioerê, atende crianças.

    Hoje as prefeituras já fazem repasses, mas de forma desordenada.

    Uma nova reunião foi marcada para o próximo dia 7, desta vez com a presença de representantes da Aldeia SOS.

    .

    Quem participou

    Pedro Coelho (Goioerê)

    Rafael Bolacha (Moreira Sales)

    Reinaldo Krachinski (Quarto Centenário)

    Suely Pereira (Rancho Alegre do Oeste)


    Comentário(s)
  • TV Carajás

  • "Carro da prefeitura (Fecam) com pneu traseiro, além de careca, furado. Aí deixa assim, largado".

    Foto enviada por internauta. Envie a sua também.

    E-mail: sidsauer@uol.com.br
    Whats App: (44) 9 9969-7037
    Facebook:
    www.facebook.com/BosasantaCM


    Comentário(s)
  • Cannuce - MT e M

  • Este ano não tem Expo-Rancho nem Festa da Tilápio no Tacho.

    Os dois eventos seriam realizados em março em Rancho Alegre do Oeste.

    O anúncio foi feito nesta segunda-feira pela prefeita Suely Pereira, após reunião com lideranças da cidade.

    "Caso insistíssemos nos eventos, poderíamos comprometer o equilíbrio fiscal do município", justificou.

    Segundo Suely, a prioridade é deixar os recursos para obras que estão projetadas.

    .

    Foto e informações: www.tribunadaregiao.com.br


    Comentário(s)
  • Farol - Dengue

  • As prefeituras de Araruna e Peabiru anunciaram o cancelamento de seus carnavais de rua.

    As duas cidades são tradicionais na "folia" e atraem, inclusive, muita gente de Campo Mourão.

    No dois casos, o dinheiro da festa será usado para construção de salas de aula para educação infantil.

    Cada prefeitura estimava gastar cerca de R$ 60 mil com o carnaval.

    Em Araruna faltam vagas para 100 crianças e em Peabiru para 150.

    .

    Com informações da Tribuna do Interior


    Comentário(s)
  • Mourao Garden

  • A Câmara de Nova Cantu aprovou projeto que aumenta o salário do prefeito de R$ 10 mil para R$ 18 mil.

    Mas calma. O prefeito José Carlos Gomes avisou que abrirá mão do "aumentinho".

    Vai continuar ficando só com os R$ 10 mil.

    Segundo ele, o objetivo do projeto é viabilizar a contratação de médicos.

    Por lei, o teto salarial é o subsídio do prefeito, o que vinha impedindo salários mais atrativos para o pessoal da medicina.


    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • 1) Começa nesta quinta-feira mais um curso de meditação. Serão três aulas de uma hora cada, sempre às quintas (20h). Tudo de graça. O curso oferece teoria e prática da "arte milenar da meditação". Inscrições: (44) 3523-0012 ou 9 9974-3966

    2) A prefeitura de Luiziana abriu Processo Seletivo Simplificado para contratação temporária de médico clínico geral para plantão. O salario é de R$ 5,9 mil para 20 horas semnais. Inscrição gratuita.

    3) A prefeitura de Nova Cantu comunica que há vagas de estágio para pedagogos que estejam fazendo pós-graduação na área da Educação. Inscrição na Secretaria de Educação a partir de sexta-feira.


    Comentário(s)
  • ACMF

  • "O barro está secando e as equipes estão mais seguras em suas buscas, embora tudo que encontram pelo caminho é morte".

    Maikon Martins Marins, professor e assistente social de Campo Mourão, sobre a situação em Brumadinho/MG, onde ocorreu nova tragédia em barragem de dejetos da Vale. O mourãoense trabalha como voluntário e ficá por lá até o próximo fim de semana.


    Comentário(s)
  • Terra FM

  • O Ministério Público Federal ofereceu denúncia nesta segunda-feira contra o ex-governador Beto Richa e mais 32 pessoas por corrupção nos pedágios. A denúncia tem 115 páginas. O texto descreve até como a duplicação da BR-369, entre Campo Mourão e Cascavel, que era para ter 163,4 km e estar pronta em 2015, acabou com apenas 5,3 km, em Corbélia. Isso mesmo: De Campo Mourão a Cascavel serão somente 5,3 km duplicados.


    Comentário(s)
  • Marcio Nunes 2

  • Outro trecho da denúncia do MPF cita o aditivo no contrato feito em 2015. Esse aditivo incluiu 33,2 km para duplicar a rodovia Paranavaí - Nova Esperança. Só que, para compensar, retirou 72,3 km que ainda estavam previstos para a BR-369, entre Campo Mourão e Cascavel. Ou seja: nada de duplicação em Mamborê, Juranda ou Ubiratã. Não bastasse, instituiu degrau tarifário (reajuste maior) nas praças de pedágio de trecho que não será mais duplicado.


    Comentário(s)
blz.com.br