Prever - Floriprev
  • .
    Gravata - Como haveria entrega de moção, a maioria dos vereadores de Campo Mourão foi à sessão desta terça-feira usando terno e gravata. Pelos corredores, Jadir Pepita recebeu ajuda do colega Edilson Martins na hora de fazer o nó na gravata.
    .
    Vetado - O prefeitto Tauillo Tezelli vetou parcialmente projeto que deu  nomes de ruas do conjunto Ricardo Zaleski. O autor é o vereador Edson Battilani. Mas calma. Só houve veto por que  um dos homenageados já é nome de rua em outro bairro da cidade.
    .
    Incentivo - Microcervejarias, cervejarias e nanocervejarias artesanais poderão ganhar um programa de incentivos. A proposta é do vereador Edson Battilani e começou a tramitar agora na Câmara. Nanocervejaria? É a cerveja feita em casa, em pequena escala.
    .
    Comentário(s)
  • Unicampo - vestibular novo

  • .
    Sessão da Câmara de Campo Mouão sem homenagem não é sessão da Câmara de Campo Mourão. Nesta terça-feira, por exemplo, teve entrega de moção ao empresário Òvídio Santos Moreira, da Ovídio Pneus. Ele recebeu a homenagem do vereador autor, Jadir Pepita, e do vice-prefeito Beto Voidelo. Detalhe: entrega com plenário lotado. 
     
    Mais duas - A sessão também aprovou mais duas moções, ambas por unanimidade. Uma vai para Ricardo Maciel Batista, idealizador do projeto Semeando Campeões. A outra vai para a Apae, que completou 45 anos. Os autores são Cabo Cruz e Edson Battilani, respectivamente.
    .
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, esteve em Curitban nesta terça-feira. Veio lançar o programa "Lixão Zero", que pretende substituir lixões por aterros sanitários. O secretário de Estado Márcio Nunes (Desenvolvimento Sustentável) acompanhou, inclusive ao lado do prefeito de Curitiba, Rafael Greca. Nunes defendeu a criação de mais consórcios de municípios para gerenciar os aterros.

    O que foi dito

    "Ao se unirem para dar uma destinação comum ao lixo, os municípios economizam recursos e diminuem consideravelmente os danos ao meio ambiente, já que apenas uma área, entre várias cidades, será usada como aterro".

    Márcio Nunes, ao defender a criação de consórcios para aterros.


    Comentário(s)
  • Maranatha Confecções

  • ...Moreira Sales!

    Apenas um "ato de alerta" foi publicado nesta terça-feira pelo Tribunal de Contas da Região. Mas foi para prefeito da região, no caso, Rafael Bolacha. Segundo o TC, Moreira Sales terminou 2018 usando mais de 48,6% da receita correte líquida para bancar a folha de pagamento. Ainda tá "longinho" do limite de 54% da Lei de Responsabilidade Fiscal, mas se quem avisa amigo é...


    Comentário(s)
  • Farol - Cavalgada 2019

  • ...assassinatos foram registrados este ano em Campo Mourão. A quinta vítima foi um homem de 27 anos, morto a tiros por volta das 14h desta terça-feira, em um ponto de ônibus perto da Coamo, na saída para Maringá. Foi o "modus operanti" tradicional: dois chegaram numa moto e o garupa efetuou os disparos.


    Comentário(s)
  • TV Carajás

  • Duas carretas passam, por volta das 14h desta terça-feira, na av. Capitão Índio Bandeira, "centraço" de Campo Mourão. Ivo Quennehem (QI TV)

    Foto enviada por internauta. Envie a sua também.

    E-mail: sidsauer@uol.com.br
    Whats App: (44) 9 9969-7037
    Facebook:
    www.facebook.com/BosasantaCM


    Comentário(s)
  • Cabrito Apressado 2019

  • Cortes de R$ 30 bilhões no orçamento e uma série de problemas de gestão podem provocar um colapso em diversas áreas.

    O alerta é do deputado federal Rubens Bueno.

    Segundo ele, entende-se o enxugamento da máquina, mas o corte drástico em alguns setores causa procupação.

    "Uma paralisia em ministérios pode gerar colapso no atendimento da população", destacou.

    Bueno sugeriu que o governo avalie bem as prioridades e desbloqueie setores fundametais.

    .

    Onde ele ja viu problemas

    1) Minha Casa Minha Vida

    2) Fies (Fundo de Financiamento Estudantil

    3) Agências de fomento à pesquisa (pagamento de bolsas)

    4) Atendimento ao público no INSS e na Receita Federal


    Comentário(s)
  • Poupar e Ganhar - Sicredi

  • A prefeitura de Campo Mourão divulgou nota à imprensa nesta terça-feira para explicar por que houve a suspensão da licitação do transporte coletivo urbano, que tinha sido marcada para o dia 28 de maio e agora ficará para junho. Confira:

    Nota à imprensa

    Sobre a suspensão do processo licitatório para concessão do serviço do transporte coletivo municipal, o Departamento de Suprimentos do município de Campo Mourão esclarece que:

    - O edital passará por mudanças para aplicação de inversão das fases de licitação, permitido pelo artigo 18-A, da Lei 8.987/1995. Primeiro será aberto o preço para depois a fase de habilitação, onde será exigida a documentação da empresa que apresentar o menor preço na tarifa, que tem como base o valor de R$ 3,68. Isso dará agilidade no processo, iniciado no dia 12 de abril de 2019.

    - As alterações visam melhorias no Termo de Referência, que traz as diretrizes dos serviços que serão exigidos da empresa concessionária. Essas alterações seguem entendimentos do Tribunal de Contas do Paraná em licitações de transporte público de outras cidades, como Londrina e Ponta Grossa.

    - O novo edital com as alterações deverá ser publicado na próxima sexta-feira, dia 3 de maio, no órgão oficial eletrônico do município. Com a nova publicação a licitação será realizada na primeira quinzena de junho e não mais em 28 de maio, como estava previsto.


    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • A Santa Casa de Campo Mourão vai fazer leilão para venda de produtos apreendidos pela Receita Federal.

    Será no dia 8 de junho.

    A data foi confirmada pelo vice-presidente Getulinho Ferrari em entrevista a Sidnei Jardim, na Colmeia News.

    A RF doou cerca de R$ 300 mil em produtos para a instituição.

    O remate será realizado em parceria com o Rotary Club.


    Comentário(s)
  • Terra FM

  • Depois que saiu na Boca Santa o problema do acesso a av. Prefeito Pedro Viriato, que ainda não está sinalizada, foi resolvido. O acesso foi impedido.

    Foto enviada por internauta. Envie a sua também.

    E-mail: sidsauer@uol.com.br
    Whats App: (44) 9 9969-7037
    Facebook:
    www.facebook.com/BosasantaCM


    Comentário(s)
  • Marcio Nunes 2

  • Corumbataí do Sul - Definido o percentual de reajuste dos servidores municipais. Será de 3,7455%, retroativo a abril. A lei já foi sancionada pelo prefeito Carlos Caxão. Não vale para prefeito, vice e secretários.

    Mamborê - A concha acústica da Praça da Flores agora é considerada patrimônio histórico e cultural do município. A lei nesse sentido já foi publicada. A iniciativa foi do vereador Jairo Arruda.

    Peabiru - O prefeito Júlio Frare sancionou a lei que autoriza reajuste de 4,58% para os servidores municipais. O mesmo percentual vale para prefeito, vice e secretários. Para os vereadores será 4,57%.


    Comentário(s)
  • Alguém perdeu uma calcinha vermelha em Altamira do Paraná. A peça foi vista nesta segunda-feira "vestindo" uma placa de trânsto.

    Foto enviada por internauta. Envie a sua também.

    E-mail: sidsauer@uol.com.br mmm
    Whats App: (44) 9 9969-7037
    Facebook:
    www.facebook.com/BosasantaCM


    Comentário(s)
  • O Tribunal de Contas do Estado aprovou as contas de convênio entre a prefeitura de Campo Mourão e a Santa Casa.

    Detalhe: o convênio, no valor de R$ 1,8 milhão, é de 2008.

    O parecer com a aprovação só foi publicado nesta segunda-feira.

    O prefeito era Nelson Tureck e o presidente do hospital Dilmar Daleffe.

    A Coordenação de Contas do TC viu irregularidades, mas os conselheiros acharam insignificante e deram o "ok" final.


    Comentário(s)
  • Cronômetro - Teve estreia na Câmara nesta segunda-feira. Agora na hora das falas com tempo determinado há uma tevê com cronômetro ligado. Avisa que o tempo está acabando e tudo.

    Sanepar - Os vereadores aprovaram por unanimidade o requerimento de Edilson Martins que pede ao prefeito Tauillo Tezelli providências contra o reajuste da Sanepar.

    Sanepar 2 - O vereador Luiz Alfredo disse que a Câmara não pode, não, entrar com ação judicial contra o aumentinho da Sanepar, como cogitou a mesa diretora. Ninguém da mesa contesou o vereador.

    Animais - Indicação legislativa do vereador Tucano Ribeiro sugere que a prefeitura cria programa para "redução gradativa do número de veículos de tração animal que circulam em áreas urbanas".

    Edículas - Vereador Cabo Cruz propôs projeto sobre a regulamentação do uso de edículas. O assunto foi tema na última reunião do Conseg. Hoje edículas que são alugadas para festas não passam por vistorias.


    Comentário(s)
blz.com.br