Prever - Novo
  • Segundo a Firjan, Juranda tem a melhor gestão fiscal da região.

    O índice do município (0.8869) é "de excelência".

    A cidade teve nota máxima (1,0) em três dos quatro itens analisados - autonomia, investimentos e gasto com pessoal.

    Só ficou abaixo em liquidez (0,5477)

    Juranda aparece na 14ª posição no Paraná e na 54ª no Brasil.

    Comentário(s)
  • Unicampo Vestiba 2019

  • Dois municípios da região têm gestões fiscais críticas.

    Ou seja, notas abaixo de 0,4 na avaliação da Firjan.

    Fênix foi bem em investimentos, mas muito mal no resto.

    Luiziana, o lanterninha da região, foi bem em autonomia, só que aparece "zerada" em gasto com pessoal e liquidez (foto).

    Segundo a Firjan, a região tem ainda nove municípios com gestão "boa" e 11 com "dificuldade".

    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Índice Firjan de Gestão Fsical 2019 (dados de 2018).

    Excelência
    1) Juranda: 0.8869 (14)
    .
    Boa gestão
    2) Roncador: 0,7955 (46)
    3) Terra Boa: 0,7575 (66)
    4) Ubiratã: 0,7528 (70)
    5) Mamborê: 0,7152 (99)
    6) Moreira Sales: 0,7931 (115)
    7) Goioerê: 0,6800 (135)
    8) Nova Cantu: 0,6716 (147)
    9) Peabiru: 0,6179 (206)
    10) Engenheiro Beltrão: 0,6153 (209)
    .
    Dificuldade
    11) Farol: 0,5977 (229)
    12) Quarto Centenário: 0,5973 (249)
    13) Rancho Alegre do Oste: 0,5511 (271)
    14) Altamira do Paraná: 0,5400 (286)
    15) Janiópolis: 0,5297 (293)
    16) Quinta do Sol: 0,5233 (297)
    17) Barbosa Ferraz: 0,4959 (319)
    18) Campina da Lagoa: 0,4909 (322)
    19) Campo Mourão: 0,4906 (323)
    20) Boa Esperança: 0,4298 (350)
    21) Corumbataí do Sul: 0,4200 (353)
    .
    Crítica
    22) Fênix: 0,3805 (368)
    23) Luiziana: 0,3713 (370)
    .
    *Araruna e Iretama não tiveram dados divulgados
    **O número entre parênteses é a posição no Estado
    .

    Comentário(s)
  • Farol - Novembro Azul

  • Saiu o novo Índice Firjan de Gestão Fiscal, que avalia municípios de todo o País.

    Os números são referente a 2018 e Campo Mourão não ficou bem, não.

    Teve média final 0,4906, o que é considerado gestão de dificuldade.

    A gestão pode ser "de excelência" (acima de 0,8), "boa" (de 0,6 a 0,8), "de dificuldade" (de 0,4 a 0,6) ou "crítica" (baixo de 0,4).

    Campo Mourão foi bem em "antonomia", mas muito mal em "gasto com pessoal" e em "investimentos".


    Comentário(s)
  • Sicredi

  • "Agora eu pergunto: como os moradores das regiões afetadas reagirão a essa medida do governo?"

    Namir Piacentini, empresário, ao se referir ao projeto de extinção de municípios com menos de 5 mil moradores e lembrar que, quando deputado estadual (1989/95), trabalhou pela emanciapção de Farol, Quarto Centenário, Rancho Alegre do Oeste, Iracema do Oeste e Mato Rico, que eram demandas da população; em postagem no Facebook.


    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • A ausência de empresas estrangeiras no megaleilão do pré-sal acendeu a luz amarela.

    A opinião é do deputado federal Rubens Bueno.

    Segundo ele, é preciso verificar os motivos que levaram petroleiras estrangeiras a não apresentarem lances.

    Bueno receia que a política externa do governo tenha influenciado.

    O deputado lembrou que uma empresa francesa e outra britânica desistiram de participar do leilão.

    .

    O que foi dito

    "Prefiro crer que foi mesmo uma questão de mercado. Mas é preciso admitir que os ataques do presidente a países europeus, como França e Alemanha, e até a nossos vizinhos, como a Argentina, não ajudam o ambiente de negócios".

    Rubens Bueno (Cidadania), deputado federal, ex-prefeito de Campo Mourão.


    Comentário(s)
  • ACMF

  • Os clique são de Brasilândia do Sul, na região de Umuarama, onde o secretário de Estado Márcio Nunes (Desenvolvimento Sustentável) participou da abertura da Expo Brasilândia do Sul. Junto está o prefeito da cidade, Márcio Marcolino. "Um dos melhores rodeios do Paraná", descreveu Nunes.


    Comentário(s)
  • Terra FM

  • É impressão ou o poste republicano em frente a Estação da Luz, em Campo Mourão, está torto?

    Foto enviada por internauta. Envie a sua também.

    E-mail: sidsauer@uol.com.br

    Whats App: (44) 9 9969-7037

    Facebook: www.facebook.com/BocasantaCM


    Comentário(s)
  • Marcio Nunes 2

  • Vagas de empregos disponíveis para quinta-feira 7, na Agência do Trabalhador de Campo Mourão (sujeito a alterações ao longo do dia).

    Atendente de farmácia
    Auxiliar de linha de produção
    Caixa de farmácia
    Caixa de comércio
    Dentista clínico geral
    Mecânico diesel e flex
    Motorista carreteiro
    Promotor de vendas
    Representante comercial
    Televendas
    Técnico de enfermagem
    Auxiliar de laboratório (PCD) pessoa com deficiência
    .

    Comentário(s)
  • "Extinguir municípios é atentado contra a população"

    A afirmação é do presidente da Comcam, Edenilson Miliossi.

    Segundo ele, o governo deveria ser preocupar em assumir mais despesas e dividir melhor as receitas.

    O prefeito pediu estudos "com muita cautela" sobre o assunto.

    Miliossi cita, por exemplo, que hoje prefeituras usam receitas próprias para manter programas do governo federal.

    .

    Fusões de cidades

    Edenilson Miliossi é prefeito de Barbosa Ferraz, cidade que, em tese, pode "ganhar" municípios como Fênix e Corumbataí do Sul.


    Comentário(s)
  • 1) A Associação do Núcleo de Campo Mourão - Seicho-No-Ie, promove bazar beneficente no próximo sábado (13h). Será na rua Brasil, 859, ao lado da Comcam. Roupas novas, seminovas e utensílios a partir de R$ 1.

    2) Acontece neste sábado, das 9h às 12h, mais uma feirinha de adoção de cães e gatos na praça São José. A promoção é da Pais - Protetores de Animais Independente, que atende hoje mais de 300 animais.

    3) Entidades empresarias realizam nesta quinta-feira (8h30), na Acicam, o Encontro de Mulheres Empreendedoras. Haverá dois talk shows - desafios da mulher moderna e desenvolvimento econômico.


    Comentário(s)
  • Não houve concorrência no megaleilão do pré-sal realizado nesta quarta-feira pelo governo federal.

    Um consórcio formado por Petrobras e empresas chinesas foi o único a dar lances na maior área (outras nem tiveram interessados).

    Ou seja: ficou no lance mínimo de R$ 69,8 bilhões.

    O governo esperava em torno de R$ 106 bilhões.

    Como parte do dinheiro será distribuído para municípios, prefeitos faziam figa por uma arrecadação ainda maior.


    Comentário(s)
  • A foto "A delicadeza do movimento" foi a grande vencedora do concurso Imagens da Cidade, realizado pela Fundação Cultural de Campo Mourão. Ganhou na categoria preto & branco e na eleição popular feita via Facebook. O autor foi o estudante da Unespar Renan dos Santos Soiz.

    .
    Os vencedores
    .
    Preto e branco
    1) Renan dos Santos Soiz (A delicadeza do movimento)
    2) Givanildo Barros Moura (Espero sua volta)
    3) Clarice Ferreira de Souza (Texturas da natureza e da fé)
    .
    Colorida
    1) Cleverson da Silva (Natureza nosso cartão postal)
    2) Leonardo de Souza Molina (Catedral de luz)
    3) Jair Elias dos Santos Jr (A cachoeira do parque)
    .
    Votação popular
    1) Renan dos Santos Soiz (A delicadeza do movimento)
    .

    Comentário(s)
  • Oito cidades da região têm menos de 5 mil habitantes e podem ser extintas se a PEC do governo federal for aprovada.

    A proposta foi apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro.

    Detalhe: das oito ameaçadas, ele venceu a eleição em seis.

    Em Boa Esperança, por exemplo, teve 74,33% dos votos.

    Só em Corumbataí do Sul e Altamira do Paraná o presidente foi menos votado no segundo turno.

    .
    Percentual dos votos de Bolsonaro
    Boa Esperança: 74,33%
    Quarto Centenário: 58,80%
    Rancho Alegre do Oeste: 58,32%
    Fênix: 55,26%
    Farol: 54,88%
    Quinta do Sol: 54,02%
    Corumbataí do Sul: 48,28%
    Altamira do Paraná: 47,68%
    .
    Fonte: TSE
    .

    Comentário(s)
  • Peabiru está há mais de un mês sem delegado de polícia.

    Quem atuava na cidade foi transferido para Campo Mourão.

    "Não ficamos nem sabendo", desabafou o prefeito Júlio Frare, nesta terça-feira, no programa Falando Sério (TV Carajás).

    Ele já cobrou o govermo do Estado, mas ainda não há nada definido.

    "Peabiru é sede de comarca, não pode ficar assim", frisou.

    .

    "Ano terrível"

    Júlio Frare disse que a cidade viveu uma onda de furtos. Até a casa da sogra dele foi invadida duas vezes. "Este ano foi terrível", lamentou.


    Comentário(s)
  • Iretama - O Ministério Público marcou reunião para debater o impacto da instalação da Pequena Central Hidrelétrica na divisa com Nova Tebas e Jardim Alegre. Será quinta-feira (19h), na Câmara.

    Goioerê - Segue até sábado mais um Feirão de Veículos do Sicredi. Seis empresas estão participando. Desta vez, os veículos ficam em exposição nas próprias lojas. O Sicredi oferece linhas de financiamentos.

    Peabiru - O presidente da Câmara, Barão Rodrigues, assinou portaria que define ponto facultativo no próximo dia 14, véspera de feriado. É para compensar que o Dia do Servidor, quando houve expediente normal.


    Comentário(s)
blz.com.br