Prever - Floriprev
  • Foi  divulgado mais um relatório da Assessoria de Comunicação da prefeitura sobre os gastos com publicidade e propaganda. Agora é referente ao último trimestre de 2017 - outubro. novembro e dezembro. Mais uma vez sem despesas com isso. Pudera, A prefeitura não tem agência de propaganda licitada.

    "Esclarecemos que o processo licitatório para contratação de agência de publicidade está em andamento", frisa o relatório publicado nesta sexta-feira. Cá pra nós: andando muito devagar, pois nem o edital, suspenso em agosto, foi lançado de novo...

           

    Comentário(s)
  • Unicampo - vestibular novo

  • A prefeitura considera "sem cabimento" e de "má fé" a denúncia contra a licitação da Zona Azul feita no Tribunal de Contas.

    Os termos foram usados em nota assinada pelo procurador geral Robervani Pierin do Prado.

    "No nosso entendimento, é uma denúncia sem cabimento algum, que tranquilamente vamos esclarecer junto ao TC", destacou.

    A representação foi feita por uma advogada de Mogi-MIrim/SP.

    Ela pediu que a concorrência, marcada para segunda-feira, seja suspensa. 
    .

    Confira trecho da nota

    "Denunciar é um direito, mesmo sem argumentos, fatos ou provas. Esse tipo de situação é bastante comum em processo licitatório, porém, fica evidente a desinformação ou a má-fé da denunciante, que ao formular a denúncia anexou somente parte do edital que detalha as exigências técnicas. No nosso entendimento, é uma denúncia sem cabimento algum, que tranquilamente vamos esclarecer junto ao Tribunal de Contas".

    Comentário(s)
  • Cabrito Apressado 2018

  • O setor de oncologia da Santa Casa recebeu do Ministério da Saúde a reabilitação do setor de oncologia.

    A novidade foi anunciada em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

    A portaria encerra. por enquanto, o risco de Campo Mourão ficar sem tratamento contra o câncer.

    "Teremos mais tempo para melhorar o serviço e trazer mais municípioos da regão para se tratar", frisou o presidente Pedro Baer.

    A oncologia faz mais de mil atendimentos por mês em Campo Mourão, mas tem estrutura para triplicar esse volume.


    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Com a oncologia garantida, o próximo desafio da Santa Casa é convencer cidades da região  a enviarem seus pacientes.

    "Vamos procurar prefeitos e pedir que se comprometam com isso", informou o presidente Pedro Baer.

    Hoje tem prefeituras da região que encaminham pacientes para Maringá, Cascavel e Umuarama.

    "Não é só a Santa Casa, toda a região perde com isso", frisou Baer.

    "Apelo aos prefeitos para que encaminhem os pacientes", reforçou o médico oncologista Edson Michalkiewicz.


    Comentário(s)
  • Sicredi - Premiado

  • "Vou dar uma dica para quem ser sorteado, como eu fui. Participe das promoções, compre em Campo Mourão e compre nas lojas participantes".

    Dirceu Jacob de Souza, advogado, ao receber o Ford Ka 0 km que ganhou a promoção "Campo Mourão Cidade Natal". da Acicam. Ele foi sorteado com seladinha que recebeu por compra no Paraná Supermercado; nesta sexta-feira, na Paranavel, onde foi feita a entrega do Ka e das três motos Suzuki.


    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • Na av. Capitão Índio Bandeira, centro de Campo Mourão, a reforma da loja já foi concluída há dias, mas o resto de construção segue  sobre a calçada.

    Foto enviada por internauta. Envie a sua  também.

    E-mail: sidsauer@uol.com.br
    Whats App: (44) 9 9969-7037
    Facebook: www.facebook.com/BosasantaCM  


    Comentário(s)
  • Farol - Cavalgada 2018

  • O gabinete do deputado Márcio Nunes foi mais econômico em dezembro e fechou o mês com sobras de R$ 5,5 mil. Tinha R$ 31,4 mil para ressarcimento de despesas, mas só gastou R$ 25,9 mil. Os números dos 54 deputados estaduais estão disponíveis no Portal da Transparência da Assembleia Legislativa.
    .

    Maiores despesas de dezembro

    Divulgação: R$ 7.680
    Locação de imóveis: R$ 3.450
    Combustíveis: R$ 3.326
    Locação de veículos: R$ 3.000
    Serviços técnicos profissionais: R$ 2.980


    Comentário(s)
  • Márcio Nunes

  • O prefeito de Iretama, Wilson Bratac, explicou porque revogou o decreto da contenção de despesas.

    Disse que a prefeitura precisa repor funcionários em setores que perderam servidores e o decreto estava impedindo.

    Citou o caso do distrito de Águas de Jurema, onde a coleta de lixo está sendo feita por um único servidor.

    "Ele tem de dirigir o caminhão e descer para pegar o lixo", frisou.

    Segundo Bratac, mesmo com o decreto revogado, a prefeitura seguirá rígida no controle de despesas.


    Comentário(s)
  • Terra FM

blz.com.br