Prever - Floriprev
  • "Perimetral Tancredo Neves,  quase esquina com Santa Cruz. Árvore com risco de queda. Nota-se a flagrante condição de perigo".

    Fotos enviadas por internauta. Envie a sua também.

    E-mail: sidsauer@uol.com.br
    Whats App: (44) 9 9969-7037
    Facebook: www.facebook.com/BosasantaCM  

    Comentário(s)
  • Unicampo - vestibular novo

  • A secretária Tânia Caetano (Educação) contestou reportagem da Gazeta do Povo sobre salário de professores.

    O jornal curitibano incluiu Campo Mourão entre os municípios que tem piso abaixo do piso nacional.

    “Nenhum dos nossos professores recebe menos que o piso estipulado pelo MEC", rebateu Tânia. 

    Segundo ela, dos cerca de 900 professores municipais, apenas três ainda recebem "apenas" o piso nacional.

    A maioria dos professores tem curso superior e pós-graduação, com salários de R$ 1.648,56 para 20 horas.

    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Uma das atrações da Bienal de Curitiba é a "sala das gravuras".

    Nela estão espostas gravuras citando a morte de travestis, gays, bissexuais e lésbicas.

    Cada imagem mostra com foi morte e descreve abaixo a orientação sexual, a cidade e data do crime.

    Uma das gravuras cita Campo Mourão.

    A descrição faz referência a travesti, de 22 anos, morto a facadas em julho do ano passado.


    Comentário(s)
  • Sicredi - Eu poupo sim

  • Show com  a dupla Adson & Alana vai marcar, neste sábado, a reinauguração do Unique. O centro de eventos agora está sob o comando de Fernando Marcelo Turqueto. A ideia é promover  um show por mês, além de bailões todos os domingo. Para a reinauguração, os convites antecipados podem ser comprados no Mercado do Gaúcho.


    Comentário(s)
  • Colmeia FM

  • A indústria do bilhete premiado segue faturando em Campo Mourão.

    Desta vez conseguiu R$ 30 mil de uma aposentada de 76 anos.

    Foi nesta quinta-feira, por volta do meio-dia.

    A mulher foi abordada na rua por um rapaz que dizia ter o tal bilhete premiado, mas temia ser enganado.

    Conversa vai, conversa vem, a vítima levou o golpista para casa e mostrou onde guardava as economias.

    Acabou trancada na lavanderia e sem o dinheiro.


    Comentário(s)
  • Natal 2018

  • A BR-487, entre Campo Mourão e o rio Muquilão (Iretama), foi  recapada ano passado. Só que em vários pontos os buracos já estão voltando com tudo. O vereador Edson Battilani viu reclamações pelas redes sociais e resolveu conferir.

    "Se não houver urgente providências, em breve a rodovia estará com sua trafegabilidade prejudicada", frisou. Ele informou que vai encaminhar requerimento ao Dnit e à Agepar cobrando providências. O trecho era do governo federal quando a obra foi feita, mas depois passou para o estadual.


    Comentário(s)
  • Marcio Nunes 2

  • Acabaram os problemas de segurança pública em Campo Mourão. Olha quem apareceu para ajudar a cuidar da cidade. Ele mesmo: o Homem Aranha. Pelo menos um "boneco" do super herói, em tamanho natural, estava nesta quinta-feira à noite no calçadão, em frente ao edifício Antares. E lembre-se: nas horas de folga Peter Parker ainda tira fotos...

    Foto enviada por internauta. Envie a sua também.  

    E-mail: sidsauer@uol.com.br
    Whats App: (44) 9 9969-7037
    Facebook: www.facebook.com/BosasantaCM  


    Comentário(s)
  • Trabalho Infantil

  • A pequena Farol, com 3,4 mil habitantes, é quem paga o quarto maior piso do Estado para o magistério.

    Nenhum professor municipal ganha menos de R$ 1.940 por mês.

    Mais que isso, só Araucária, São José dos Pinhais e Pinhais.

    Até a capital Curitiba fica para trás, em quinto lugar.

    As informações estão em reportagem publicada esta semana pela Gazeta do Povo.
    .

    O que foi dito

    "É planejamento e organização".

    Angela Kraus (PSDB), prefeita de Farol, sobre piso do magistério local ser o quarto maior do Estado; na Gazeta do Povo.
    .

    Veja na íntegra

    http://www.gazetadopovo.com.br/politica/parana/a-cidade-pequena-que-consegue-pagar-um-dos-mais-altos-salarios-a-professores-2c40u6c9cgfgzphefjx99jd87 


    Comentário(s)
  • Terra FM

  • Três prefeituras da região têm piso do magistério abaixo do piso nacional, informou a Gazeta do Povo.

    Uma delas é Campo Mourão, com R$ 2,25 a menos (-0.20%).

    As outras duas são Engenheiro Beltrão e Campina da Lagoa, também com defasagem inferior a 1%.

    Dez municípios pagam o piso e 11 pagam acima do piso nacional.

    Além de Farol (+68%), se destacam Boa Esperança (+45%), Luiziana (+21%) e Juranda (+19%).
    .

    Confira o piso do magistério na região*
    .

    Acima do piso
    Farol - R$ 1.940,49 (+68,83%)
    Boa Esperança - R$ 1.668,93 (+45,20%)
    Luiziana - R$ 1.398,76 (+21,69%)
    Juranda - R$ 1.372,11 (+19,38%)
    Goioerê - R$ 1.275,33 (+10,96%)
    Altamira do Paraná - R$ 1.243,21 (+8,16%)
    Rancho Alegre do Oeste - R$ 1.161,20 (+1,03%)
    Ubiratã - R$ 1.156,27 (+0,60%)
    Quarto Centenário - R$ 1.152,70 (+0,29%)
    Barbosa Ferraz - R$ 1.149,90 (+0,04)
    Janiópolis - R$ 1.149,56 (+0,01%)
    .

    Igual ao piso
    Araruna - R$ 1.149,40
    Corumbataí do Sul - R$ 1.149,40
    Fênix - R$ 1.149,40
    Iretama - R$ 1.149,41
    Mamborê - R$ 1.149,40
    Moreira Sales - R$ 1.149,40
    Nova Cantu - R$ 1.149,40
    Quinta do Sol - R$ 1.149,40
    Roncador - R$ 1.149,40
    Terra Boa - R$ 1.149,42
    .

    Abaixo do  piso
    Engenheiro Beltrão - R$ 1.149,00 (-0,03%)
    Campo Mourão - R$ 1.147,15 (-0,20%)
    Campina da Lagoa - R$ 1.138,40 (-0,96%)
    .

    *Piso Nacional do Magistério (20h) de 2017
    **Peabiru não tem carga horária de 20h, mas paga acima do piso (0,02%) na carga horária de 40h por semana.
    .
    Fonte: Gazeta do Povo


    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

blz.com.br